Espanha

29-11-2016 19:24

Carles Vilarrubí: "Escândalo Neymar não afetará Barcelona"

O ministério público espanhol pediu dois anos de prisão e o pagamento de uma multa de 10 milhões de euros para o futebolista brasileiro e cinco anos para o ex-presidente do FC Barcelona Sandro Rosell.
Neymar
Foto: LLUIS GENE / AFP

Neymar

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Carles Vilarrubí, vice-presidente do FC Barcelona, afirmou hoje que o processo ao brasileiro Neymar, por atos de corrupção e fraude, não afetará a reputação do clube catalão.

"A marca do clube FC Barcelona é uma das mais valorizadas a nível internacional e não creio que neste momento [Neymar] seja um tema com que nos tenhamos de preocupar", afirmou Vilarrubí, em declarações à EFE.

O vice-presidente do ‘Barça’, clube pelo qual alinha o português André Gomes, manifestou-se consciente que o clube está "na primeira linha informativa", mas não se quis pronunciar sobre o futuro do avançado brasileiro no clube.

"Temos um balanço das coisas positivas e também temos assuntos pendentes que esperamos que sejam resolvidos favoravelmente", acrescentou Vilarrubí.

A 23 de novembro, o ministério público espanhol pediu dois anos de prisão e o pagamento de uma multa de 10 milhões de euros para o futebolista brasileiro e cinco anos para o ex-presidente do FC Barcelona Sandro Rosell por atos de corrupção e fraude na contração do jogador, que alinhava no Santos.

O ‘Barça’, bicampeão espanhol, anunciou que a transferência do avançado brasileiro, realizada em maio de 2013, custou 57,1 milhões de euros, mas, depois de uma investigação da justiça espanhola, admitiu que a operação ascendeu, pelo menos, 83,3 ME.

Conteúdo publicado por Sportinforma