Futebol

01-04-2017 11:29

Cicinho: "Quando estava no Real Madrid bebia até cair para o lado"

O internacional brasileiro assumiu dificuldades em adaptar-se ao Real Madrid.
Cicinho dá indicações durante um jogo do Real Madrid em 2006 frente ao Villarreal
Foto: Jose Jordan

Cicinho dá indicações durante um jogo do Real Madrid em 2006 frente ao Villarreal.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O antigo lateral brasileiro do Real Madrid, Cicinho, recordou a sua passagem pelo emblema 'merengue' e os problemas de alcoolismo que enfrentou nos dois anos em que esteve no Santiago Bernabéu.

Numa entrevista à Fox Sports, Cicinho, hoje com 36 anos, falou sobre a difícil adaptação ao Real Madrid depois de trocar o São Paulo pelo clube espanhol em 2005.

"Sinto-me incomodado com as tatuagens. Fazia-as sob o efeito do álcool, porque pensava que ia ajudar-me a suportar melhor a dor. Pensava que as tatuagens me iam trazer paz, mas não foi assim. Arrependo-me de tudo o que fiz e não o aconselho a ninguém. Estas coisas derramam sangue e não curam nenhuma depressão. Só corres o risco de ficar ainda mais deprimido. Fiquei horroroso", disse Cicinho.

"Era um alcoólico, porque não conseguia beber apenas uma cerveja. Bebia até cair para o lado. Quando cheguei ao Real Madrid deixei tudo fugir por entre as mãos. Bebia muito, e não era de noite", acrescentou o internacional brasileiro de 36 anos, atualmente sem clube.

Conteúdo publicado por Sportinforma