Liga espanhola

07-05-2017 21:57

Athletic Bilbau perde e deixa fugir lugares de ‘Champions'

Um golo solitário do lateral Theo Hernandez garantiu o triunfo ao Alavés.
Manu Garcia e Theo Hernandez disputam uma bola com Inaki Williams
Foto: EPA/ADRIAN RUIZ DE HIERRO

Manu Garcia e Theo Hernandez disputam uma bola com Inaki Williams

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Athletic Bilbau perdeu hoje em casa do Alavés, por 1-0, em jogo da 36.ª jornada da liga espanhola de futebol, enquanto o Celta saiu de casa do Málaga com uma derrota por 2-0.

A derrota dos bascos, que caíram perante um golo solitário do lateral Theo Hernandez aos 53 minutos, ‘entrega’ a qualificação para a Liga dos Campeões ao Sevilha, quarto classificado, que só precisa de somar mais um ponto para garantir o posto, mesmo que ainda sonhe com o terceiro lugar, ocupado pelo Atlético de Madrid.

Com o resultado, o Athletic perdeu a hipótese de ultrapassar o Villarreal, que no sábado saiu de Camp Nou goleado (4-1) pelo Barcelona, ficando no sexto lugar, que dá acesso à Liga Europa, com 62 pontos, menos um que o ‘submarino amarelo’, enquanto o Alavés continua o campeonato tranquilo na 10.ª posição.

Em Málaga, no último jogo do dia, os homens da casa venceram o Celta de Vigo por 3-0, com Jose Recio a assistir o primeiro golo, um pontapé de fora da área de Ontiveros aos 26 minutos, antes de fazer o segundo de grande penalidade (56) e de Sandro Ramírez fixar o resultado aos 90+2.

Com este resultado, o clube de Duda, que não saiu do banco, ultrapassou o adversário na tabela classificativa, subindo ao 11.º, com 45 pontos, enquanto o emblema de Vigo tem menos um na 12.ª posição.

O Celta, semifinalista da Liga Europa, em que na quinta-feira disputa, em Old Trafford, a segunda mão com o Manchester United de José Mourinho, poupou vários jogadores na visita ao estádio La Rosaleda, uma vez que pretende inverter a vantagem de 1-0 que os ‘red devils’ conquistaram em Vigo.

Em Valência, o clube ‘che’, com João Cancelo e Nani no onze titular, goleou o lanterna-vermelha e já ‘condenado’ à descida Osasuna por 4-1, somando agora 43 pontos no 13.º posto.

O primeiro golo, aos 22 minutos, surgiu dos pés de Nani, que assistiu o argentino ex-Benfica Ezequiel Garay, que ‘bisou’ na partida aos 45, antes de Simone Zaza (70) e o antigo avançado do Benfica Rodrigo (75) aumentarem a vantagem, reduzida por Olavide aos 90.

No Riazor, o Deportivo cedeu perante o Espanhol de Quique Flores, que venceu por 2-1 e impediu o ‘Depor’, 16.º classificado com 32 pontos, de festejar já a manutenção, quando faltam duas jornadas para o fim de ‘La Liga’.

Léo Baptistão (14) e Gerard Moreno (29) adiantaram os forasteiros, que seguem no nono posto, antes de Florin Andone, a passe do ex-Benfica Ola John, reduzir aos 47 minutos, sem que a equipa de Pepe Mel tenha conseguido fazer o empate.

Na segunda-feira, o Leganés recebe o Bétis (19:45) e pode subir a 16.º, sendo que em caso de vitória praticamente garante a manutenção, com seis pontos de vantagem sobre o Sporting Gijón, primeiro abaixo da ‘linha de água’.

No topo da tabela do campeonato espanhol, com 84 pontos, estão Barcelona e Real Madrid, embora os catalães, que no sábado venceram o Villarreal por 4-1, tenham mais um jogo que os ‘merengues’, que também golearam no sábado, em casa do Granada (4-0).

Conteúdo publicado por Sportinforma