Futebol internacional

24-05-2017 11:57

Ex-presidente do FC Barcelona deverá ser presente a tribunal ainda hoje

As fontes da EFE identificam Rossel e o ex-presidente da federação brasileira de futebol Ricardo Teixeira como líderes do esquema.
FC BARCELONA VS BATE BORISOV
Foto: Lusa

As fontes da EFE identificam Rossel e o ex-presidente da federação brasileira de futebol Ricardo Teixeira como líderes do esquema.

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O ex-presidente do FC Barcelona Sandro Rossel irá a tribunal hoje à tarde, depois de ter sido detido na terça-feira e de ter sido interrogado pela polícia no âmbito de um caso de um alegado branqueamento de capitais.

Citando fontes próximas do caso, a agência noticiosa EFE refere que Rossel e os três homens que foram detidos juntamente com ele prestaram hoje declarações à polícia na presença dos seus advogados.

Sandro Rosell foi detido em Barcelona, juntamente com outras quatro pessoas, no âmbito de uma operação conjunta da Polícia Nacional e Guardia Civil contra o branqueamento de capitais.

Segundo as mesmas fontes, estão a ser efetuadas buscas na residência e no escritório da empresa de Rossel, em Barcelona.

A mulher de Sandro Rossel, Marta Pineda, detida e entretanto libertada, foi vista hoje a entrar para as instalações da Guardia Civil onde o marido está detido.

A investigação foi iniciada pela cobrança de comissões ilícitas pelos direitos audiovisuais da seleção brasileira de futebol, que eram depois 'branqueadas' através de empresas em paraísos fiscais.

As fontes da EFE identificam Rossel e o ex-presidente da federação brasileira de futebol Ricardo Teixeira como líderes do esquema.

Rossel é suspeito de, juntamente com Ricardo Teixeira, antigo presidente da federação brasileira de futebol, ter cobrado comissões ilícitas pelos direitos audiovisuais da seleção brasileira de futebol, que eram depois 'branqueadas' através de empresas em paraísos fiscais.

Conteúdo publicado por Sportinforma