Futebol

25-05-2017 15:40

Ronaldo arrisca 15 meses a cinco anos de prisão por fraude fiscal

Jornal 'Marca' avança que o jogador é acusado de desviar 15 milhões do fisco espanhol.
Cristiano Ronaldo
Foto: AFP or licensors

Cristiano Ronaldo

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Depois de a rádio espanhola 'Cadena Ser' ter avançado na quarta-feira que Cristiano Ronaldo era suspeito de fraude fiscal no valor de oito milhões de euros, agora o jornal 'Marca' refere que o internacional português é suspeito de ter desviado do fisco espanhol quase o dobro: 15 milhões de euros, entre 2011 e 2013.

A mesma publicação refere que os técnicos do Ministério da Hacienda (Finanças) apoiam a denúncia da Autoridade Tributária ao Fisco por "presumíveis delitos do jogador português", relacionados com impostos sobre rendimentos de não residentes, em 2011, e "delitos fiscais agravados", em 2012 e 2013.

Os técnicos lamentam ainda a demora na apresentação na denúncia, que pode prescrever já a 30 de junho.

O avançado do Real Madrid, de acordo com o sindicato dos técnicos de Finanças (GESTHA), pode incorrer numa pena de 15 meses a 5 anos de prisão. Tal como Lionel Messi, se o caso chegar à Justiça e eventualmente houver condenação, Ronaldo deverá ter uma pena suspensa.

Conteúdo publicado por Sportinforma