Futebol

14-06-2017 19:59

Jorge Mendes não foi notificado no 'caso Falcao'

A agência EFE revelou que Jorge Mendes ia depor na condição de arguido no caso de fuga ao fisco de Radamel Falcao.
Presentation of the book 'Jorge Mendes, The Special Agent'

A agência EFE revelou que Jorge Mendes ia depor na condição de arguido no caso de fuga ao fisco de Radamel Falcao.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

A Gestifute desmentiu esta quarta-feira as notícias veiculadas em Espanha que avançavam que o empresário Jorge Mendes ia ser chamado a depor como arguido no caso de alegada fuga ao fisco do avançado colombiano Radamel Falcao.

A empresa do empresário português emitiu um comunicado a desmentir as informações veiculadas pela agência de notícias EFE, garantindo que Jorge Mendes não foi notificado pela justiça espanhola para prestar declarações.

"Jorge Mendes não recebeu qualquer notificação para prestar declarações no âmbito de um inquérito de investigação por alegada fraude fiscal cometida pelo futebolista Radamel Falcao, como apontam algumas das notícias na Imprensa de hoje", pode ler-se no comunicado emitido pela Gestifute,

A Gestifute esclarece também no referido comunicado que a atividade da empresa incide exclusivamente na intermediação de transferências de atletas e de negociações de vínculos contratuais, frisando que não presta qualquer serviço de assessoria financeira, fiscal ou jurídica aos futebolistas que representa.

Conteúdo publicado por Sportinforma