Liga Espanhola

21-06-2017 13:18

Ronaldo vai pagar os 14 milhões ao fisco de forma preventiva

Imprensa espanhola avança que o jogador quer atenuar uma potencial pena.
Palavra de Ronaldo: ​“Foi uma temporada impressionante”
Foto: SAPO Desporto

Ronaldo, jogador do Real Madrid

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Cristiano Ronaldo vai pagar os 14,7 milhões de euros que o fisco espanhol alega que estão em falta. De acordo com a rádio espanhola Cadena Cope, a ação do jogador do Real Madrid vai ser de modo preventivo para, no caso de existir condenação, ter algumas atenuantes numa possível pena.

Segundo a comunicação espanhola, a ação de Ronaldo é uma forma de evitar mais delitos numa potencial condenação. Ao pagar o valor que o fisco espanhol alega, o jogador luso evita entrar em três delitos por não ter chegado a acordo com as autoridades espanhola.

Apesar da intenção de pagar os mais de 14 milhões de euros, Ronaldo não vai evitar ter de ser ouvido em tribunal. A presença do jogador luso está marcada para o próximo dia 31 de julho no Tribunal de Pozuelo de Alarcón, em Madrid.

Recorde-se de que Cristiano Ronaldo foi acusado pelo fisco espanhol de ter fugido aos impostos e ter cometido fraude fiscal. A fuga ao fisco que o português terá cometido está na ordem dos 14,7 milhões de euros. Ronaldo não é o único a ser visado pelo fisco que está atento a vários nomes em Espanha. José Mourinho também foi indiciado pelo fisco.

Na sequência desta situação, Ronaldo terá mesmo posto em causa a sua continuidade em Madrid embora a decisão esteja a ser revista (saiba mais). O jogador, de acordo com o jornal A Bola, não pretende continuar em Espanha e está a ponderar uma transferência para outro clube por não ter sido ‘defendido’ pelo clube merengue. Entretanto, a comunicação social espanhola tem dado ecos de um possível pagamento feito pelo Real Madrid da dívida de Ronaldo, mas isso ainda não está confirmado.

Conteúdo publicado por Sportinforma