Anderlecht 1-1 Man.United

13-04-2017 21:54

Mourinho empata na Bélgica e decide eliminatoria em Old Trafford

Foi o 13.º empate em 51 jogos oficiais já realizados esta época. Mkhitaryan marcou para os ´red devils`, Dendoncker empatou perto do final.
Manchester United festeja golo frente ao Anderlecht
Foto: Lusa

Manchester United festeja golo frente ao Anderlecht

Por Evandro Delgado sapodesporto@sapo.pt

O Manchester United não foi além de um empate a uma bola na Bélgica frente ao Anderlecht, em jogo da primeira-mão dos quartos-de-final da Liga Europa. Foi o 13.º empate em 51 jogos oficiais já realizados esta época. Mkhitaryan marcou para os ´red devils`, Dendoncker empatou perto do final. Mourinho tem a eliminatória na mão em Old Trafford deverá carimbar a passagem às meias-finais. Mas, para isso, terá de fazer muito mais.

Ocupando apenas o 5.º lugar da Liga Inglesa, depois de várias semanas ´preso` no sexto posto, o Manchester United sabe que esta Liga Europa é uma grande oportunidade para garantir um posto na Liga dos Campeões do próximo ano já que o vencedor da prova entra diretamente na fase de grupos. Por isso Mourinho apresentou o melhor onze possível frente uma equipa bem organizada, boa tecnicamente e que jogava perante o seu público.

Os belgas entraram melhor no encontro, causando perigo tanto pelos corredores laterais como pela zona central. Isaan Thelin chegou mesmo introduzir a bola na baliza do Manchester United, mas já estava levantada a bandeirola. Aos poucos o United foi subindo no terreno, ameaçando a baliza de Rúben. Aos 18 Lingard atirou ao poste após defensa de Rúben, depois de um remate de Ibrahimovic. Aos 29 foi Mbodji e tirar o golo a Rashford.

Mas aos 37 os de Mourinho vão materializar algum ascendente no encontro pelo médio Mkhitaryan. Rashford tentou o golo, mas o guarda-redes belga defendeu para a frente onde estava o arménio a meter a bola no fundo das redes.

O intervalo chegava com o United em vantagem, mas o Anderlecht voltou com vontade em dar a volta ao texto. A equipa comandada por Weiler carregou sobre a área dos ingleses e só não fez golo porque o defesa Antonio Valencia salvou a sua equipa em duas ocasiões.

Do outro lado foi Mkhitaryan quem falhou o 2-0, num remate à meia altura para fora.

Os dois técnicos tentaram mudar o rumo dos acontecimentos. René Weiler lançou Chipciu, Hanni e Teodorczyk para os lugares de Bruno, Thelin e Stanciu. Mourinho refrescou a frente de ataque com Martial no lugar de Lingard, Fellaini entrou para o meio-campo, saindo Rashford.

O United reforçava o meio-campo para também poder ter mais bola. Adiantou um pouco Pogba que teve nos pés o 2-0 aos 83 minutos, mas, isolado perante o espanhol Rúben, permitiu a defesa do guarda-redes formado no Barcelona. Dois minutos antes o próprio Rúben tinha negado o golo a Fellaini numa defesa difícil.

E aos 86 minutos o futebol voltou a ser cruel com quem não marca. Um centro de Obradovic na esquerda encontrou Dendoncker no coração da área. O avançado desviou de cabeça, batendo Romero e empatando encontro. Um empate que já se justificava perante a produção atacante dos belgas.

Nos minutos finais, já sem forças, o United ainda tentou chegar de novo a vantagem, mas faltava frescura física. A eliminatória terá de ser decidida em Old Trafford.

Conteúdo publicado por Sportinforma