Liga Europa

11-05-2017 21:58

Manchester de Mourinho segue para a final de Estocolmo com empate caseiro

Equipa de José Mourinho segue para a final de Estocolmo onde vai defrontar o Ajax. Técnico português pode levar o emblema inglês ao único título europeu que falta ao seu palmarés.
Marouane Fellaini celebra o golo do Manchester United diante do Celta de Vigo a contar para a meia-final da Liga Europa
Foto: Miguel RIOPA

Marouane Fellaini celebra o golo do Manchester United diante do Celta de Vigo a contar para a meia-final da Liga Europa.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O Manchester United garantiu esta quinta-feira a passagem à final da Liga Europa ao empatatar com Celta de Vigo a 1-1 em jogo a contar para a segunda mão das meias-finais da prova. Um golo de Fellaini no arranque da primeira parte garantiu uma vantagem confortável aos jogadores de José Mourinho ao intervalo depois de uma entrada acutilante dos visitantes. No entanto, um golo de Roncaglia a cinco minutos do apito final lançou a eliminatória para a indecisão.

O Celta de Vigo apresentou-se em Old Trafford com o mesmo onze que perdeu no jogo da primeira mão, mas com uma dinâmica totalmente diferente. Logo nos instantes finais a equipa comandada pelo argentino Eduardo Berizzo mostrou ao que vinha com uma sequência de lances de perigo junto à baliza de Sergio Romero.

Com as linhas mais recuadas, o Manchester United, com Herrerra, Fellaini e Pogba no meio campo, procurava aproveitar os desequilíbrios do adversário para chegar à baliza contrária, e foi num lance de contra-ataque aos 17 minutos que os 'red devils' conseguem abrir o marcador. Rashford 'furou' pelo lado esquerdo e conseguiu um cruzamento para o segundo poste, onde surgiu Fellaini a finalizar de cabeça.

A perder por 1-0 aos 17 minutos, o Celta de Vigo ressentiu-se da desvantagem no marcador e não conseguiu dar seguimento à forma acutilante como iniciou o jogo. A equipa de José Mourinho aproveitou para controlar o adversário e gerir a vantagem até ao intervalo.

No segundo tempo, o Celta de Vigo voltou a entrar muito bem no jogo e logo no arranque da etapa complementar criou muitas dificuldades à defensiva do Manchester United com Sergio Romero a ser chamado por diversas ocasiões.

O tridente 'galego' constituído por Sisto, Guidetti e Aspas esteve perto de igualar a partida através de sequência de combinações, mas o esférico teimava em não entrar.

Do lado do Manchester United, Mkhitaryan tentava a ruptura à 'lei da bomba', mas o remate do internacional arménio aos 48 minutos acabou por ser defendido por Sergio.

Aos 74 minutos, Guidetti teve uma ocasião soberana para empatar o jogo, mas o avançado sueco não conseguiu a melhor direção no remate e a bola saiu ao lado. A vantagem do Manchester United parecia sólida, mas a cinco minutos do final, o Celta de Vigo conseguiu lançar a dúvida em relação ao resultado com um golo de Roncaglia.

Apesar dos minutos finais de sofrimento em Old Trafford, nomeadamente com um lance de muito perigo de Guinetti aos 95 minutos, o Manchester United conseguiu aguentar o empate e seguir em frente para a final de Estocolmo beneficiando do golo de Rashford no jogo da primeira mão.

Na final agendada para dia 24 de maio, o Manchester United de José Mourinho vai defrontar o Ajax num jogo digno de Liga dos Campeões.

Conteúdo publicado por Sportinforma