Liga Europa

23-05-2017 14:18

Mourinho muito triste pelas vítimas dos atentados em Manchester

Pelo menos 22 pessoas morreram e 59 ficaram feridas numa explosão na Arena de Manchester.
José Mourinho reage durante o jogo entre Manchester United e Anderlecht em Old Trafford
Foto: Oli SCARFF / AFP

José Mourinho reage durante o jogo entre Manchester United e Anderlecht em Old Trafford

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O treinador de futebol do Manchester United, José Mourinho, manifestou-se hoje muito triste pelo atentado de segunda-feira em Manchester, em Inglaterra. que vitimou mortalmente 22 pessoas.

"Não podemos tirar das nossas mentes e dos nossos corações as vítimas e as suas famílias. Estamos todos muito tristes, mas temos um trabalho a fazer", escreveu José Mourinho na sua conta oficial no Twitter, referindo-se à final da Liga Europa, com o Ajaxa, marcada para quarta-feira, em Estocolmo.

Segundo José Mourinho, "todo o povo de Manchester se unirá para ser um só".

A equipa de Manchester, que já tinha cancelado a conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Ajax, cancelou também as visitas guiadas ao estádio Old Trafford durante o dia de hoje.

Pelo menos 22 pessoas morreram e 59 ficaram feridas numa explosão na Arena de Manchester, no norte da Inglaterra, na segunda-feira, no final de um concerto da cantora Ariana Grande, segundo o balanço mais recente da polícia.

O comandante da polícia de Manchester, Ian Hopkins, disse que as autoridades suspeitam de que o responsável foi um homem apenas, que morreu na explosão e que “transportava um engenho explosivo improvisado, que detonou, causando esta atrocidade”.

As autoridades britânicas estão a tratar este caso como um “incidente de terrorismo”.

Conteúdo publicado por Sportinforma