Liga francesa

11-03-2017 21:39

Nantes de Sérgio Conceição vence em casa do Montpellier

A Liga francesa de futebol é liderada pelo Mónaco, de Leonardo jardim, que venceu o Bordéus, por 2-1.
Sérgio Conceição estreia-se ao comando do Nantes com vitória sobre o Montpellier
Foto: JEAN-SEBASTIEN EVRARD

Sérgio Conceição, treinador português

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Nantes, orientado pelo português Sérgio Conceição, venceu hoje por 2-1 em casa do Montpellier, para a 29.ª jornada da Liga francesa de futebol, liderada pelo Mónaco, de Leonardo jardim, que venceu o Bordéus, por 2-1.

O argentino Emiliano Sala, com um golo aos 89 minutos, garantiu a vitória do Nantes, desfazendo a igualdade que subsistia após os golos de Steve Mounié e Ryad Boudebouz, para os da casa, e os dois marcados por Préjuce Nakoulma para a equipa de Sérgio Conceição.

O Mónaco, treinado pelo português Leonardo Jardim, reforçou a liderança do campeonato gaulês, após receber e vencer o Bordéus, por 2-1, com um dos golos marcados por João Moutinho, aos 74 minutos, a passe do seu compatriota Bernardo Silva.

Com este triunfo, a equipa liderada por Leonardo Jardim passou a somar 68 pontos no topo da classificação e aumentou para cinco a vantagem sobre o Nice, que é segundo após o empate de sexta-feira com Caen (2-2), e para seis sobre o Paris Saint-Germain, que no domingo visita o Lorient, último classificado.

Na luta pela fuga à despromoção, o Lille venceu em casa do Nancy, por 2-1, com um golo do português Rony Lopes, aos 81 minutos. O Nancy adiantou-se pelo senegalês Issiar Dia, aos 31, mas o Lille, também com o português Éder a titular, empatou por Nicolas Préville, aos 63, na conversão de uma grande penalidade.

O Guingamp goleou por 5-0 o Bastia, do treinador português Rui Almeida, com golos de Salibur (47 minutos), Deaux (56), Briand (70), Blas (78) e Mendy (86), que fica com a sobrevivência na I Liga gaulesa cada vez mais ameaçada, no 19.º e penúltimo lugar, com 25 pontos, com apenas mais três do lanterna-vermelha Lorient.

Entre os últimos classificados, o Dijon somou um precioso ponto ao empatar a 1-1 em casa do Rennes, com golos do cabo-verdiano Júlio Tavares, aos 42, e de Wesley Said, aos 58, que permitiu à equipa deixar a zona de despromoção.

Conteúdo publicado por Sportinforma