Liga Francesa

08-04-2017 21:57

Lyon goleado pelo Lorient em casa. Bastia, de Rui Almeida, vence Dijon

Num duelo de últimos, o Bastia foi a casa do Dijon impor-se por 2-1, permanecendo em último mas encurtando para apenas um ponto a distância para o 19.°.
Adeptos do Lyon
Foto: EPA/ALESSANDRO DI MARCO

Adeptos do Lyon

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Lyon protagonizou este sábado a surpresa da 32.ᵃ jornada da liga francesa, ao ser batido em casa por 4-1 pelo 18.° Lorient e ver-se ameaçado pelo Bordéus no acesso à Liga Europa.

A equipa na qual atua o português Anthony Lopes começou por marcar por Corentin Tolisso, aos 28 minutos, mas, antes de as equipas recolherem aos balneários, Abdul Waris empatou, aos 42 minutos, inaugurando a reviravolta (marcaram Sylvian Marveaux, aos 49 minutos, e Benjamin Mikandjo, aos 74 e 80 minutos).

O resultado deixa o Lyon em quarto, com 54 pontos, enquanto o Lorient sobe ao 18.° e antepenúltimo lugar da classificação.

Quem aproveitou da melhor maneira o 'deslize' do Lyon foi o Bordéus, que ascendeu ao quinto lugar e ficou a cinco pontos, ao bater em casa o Metz por 3-0 (golos do brasileiro Malcom Oliveira, aos 14 minutos, e ´bis´ do argentino Valentin Vada, aos 50 e 52 minutos).

O Metz, por seu turno, complicou as contas na 'Ligue 1' e caiu para 15.°, com 35 pontos, ultrapassado pelo Montpellier, que hoje foi a Caen bater a equipa da casa por 2-0, ascendendo à 14.ᵃ posição.

Marcaram pelo Montpellier Stéphane Sessègnon (49 minutos) e Nanitamo Ikone (88 minutos).

O Nancy, por seu turno, conquistou três preciosos pontos para evitar a descida à zona de despromoção da liga francesa, ao bater em casa o Rennes, 11.°, por 3-0 (golos de Maurice Dalé, aos 11 minutos e de Issar Dia, aos 51 e 65 minutos).

Num duelo de últimos, o Bastia foi a casa do Dijon impor-se por 2-1, permanecendo em último mas encurtando para apenas um ponto a distância para o 19.°.

Antes, o Mónaco comandado pelo português Leonardo Jardim venceu o Angers por 1-0 e consolidou a liderança do campeonato francês de futebol.

O golo que deu os três pontos à equipa de Bernardo Silva e João Moutinho foi apontado pelo colombiano Radamel Falcao, antigo jogador do FC Porto, aos 61 minutos.

Conteúdo publicado por Sportinforma