Liga francesa

07-05-2017 22:45

Nice diz adeus ao título com derrota em Marselha

Marselha sobe a quinto na liga francesa com triunfo por 2-1 sobre o Nice.
Yohann Pele em ação na baliza do Marselha
Foto: BORIS HORVAT / AFP

Yohann Pele em ação na baliza do Marselha.

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Marselha venceu hoje em casa o Nice, por 2-1, em jogo da 36.ª jornada da liga francesa de futebol, e subiu ao quinto posto, afastando os visitantes da luta pelo primeiro lugar.

Com 77 pontos em 36 jogos, a nove do Mónaco, o Nice de Lucien Favre tem confirmado o terceiro lugar e a presença na Liga dos Campeões do próximo ano, mas diz ‘adeus’ ao título, depois de ter liderado o campeonato durante várias jornadas na primeira volta.

Já a formação da casa subiu ao quinto posto, último lugar de acesso à Liga Europa, ultrapassando o Bordéus, que na sexta-feira empatou em casa do Saint-Étienne (2-2), com 58 pontos, mais um que os ‘girondinos’.

Com Rolando no centro da defesa, o Marselha chegou ao golo por Gomis (21 minutos) e Evra (66), com o italiano Balotelli a fazer, na altura, o golo do empate aos 50 minutos para o Nice, que teve Ricardo Pereira até aos 58 minutos.

Antes, o Nantes de Sérgio Conceição entrou a ganhar na visita ao Lyon, graças a um golo de Rongier aos 19 minutos, mas a formação da casa, que na quinta-feira defronta o Ajax na segunda mão das meias-finais da Liga Europa, tendo perdido por 4-1 no primeiro jogo, recuperou na segunda parte, com Fékir a empatar o encontro, de grande penalidade, aos 65 minutos.

Cornet fez o 2-1 cinco minutos depois, mas Gillet voltou a empatar o encontro para os forasteiros, antes do jovem costa-marfinense ‘bisar’ aos 80 minutos, fixando o 3-2 final, que deixa o Lyon em quarto, com 63 pontos, enquanto a equipa de Conceição é oitava, com 48.

No primeiro jogo do dia, o Rennes, 10.º classificado, venceu em casa o Montpellier, 15.º, por 1-0, com um golo solitário de Ndombe, aos 80 minutos, a adiantar a equipa de Pedro Mendes, que foi titular e saiu aos 59 minutos, com Afonso Figueiredo a não sair do banco.

A liga francesa é liderada pelo Mónaco de Leonardo Jardim, que venceu no sábado em casa do ‘aflito’ Nancy por 3-0 e chegou aos 86 pontos, mais três que o Paris Saint Germain, que bateu o Bastia de Rui Almeida, lanterna-vermelha do campeonato, por 5-0, tendo mais um jogo disputado que os monegascos.

Conteúdo publicado por Sportinforma