Futebol/Grécia

01-12-2016 22:12

Stramaccioni deixa Panathinaikos após forte pressão dos adeptos

Adeptos do Panathinaikos já tinham ameaçado boicotar os jogos da equipa se Stramaccioni permanecesse no cargo.
Andrea Stramaccioni
Foto: AFP

Andrea Stramaccioni

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O treinador italiano Andrea Stramaccioni resignou ao cargo que exercia na equipa de futebol do Panathinaikos, ao fim de um ano de um contrato de dois que assinara com o clube grego, anunciou hoje o emblema de Atenas.

Stramaccioni, de 40 anos, ex-treinador da Udinese e do Inter de Milão, deixa o Panathinaikos no terceiro lugar da I Liga grega, mas à beira de ser eliminado da Liga Europa e da Taça da Grécia.

“Foi uma decisão do presidente do clube, Giannis Alafouzos, para proteger a equipa de desenvolvimentos perigosos não relacionados com o futebol, o que levou Andrea Stramaccioni a resignar ao cargo”, fez saber o clube em comunicado.

Adeptos do Panathinaikos já tinham ameaçado boicotar os jogos da equipa se Stramaccioni permanecesse no cargo.

A imprensa grega dá conta de que o antigo defesa internacional grego Marinos Ouzounidis é o provável sucessor de Stramaccioni.

Conteúdo publicado por Sportinforma