Inglaterra

18-08-2013 18:35

Mourinho vence no regresso a Stamford Bridge

O treinador português continua sem perder no estádio londrino em jogos para a Premier League.
Mourinho vence no regresso a Stamford Bridge

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

José Mourinho conseguiu este domingo um triunfo por 2-0 sobre o promovido Hull City no regresso oficial ao comando do Chelsea, em encontro da primeira jornada da Liga inglesa de futebol.

O brasileiro Óscar, aos 13 minutos, e Frank Lampard, aos 25, de livre direto, depois de ter falhado uma penálti, aos seis, selaram o tranquilo triunfo dos londrinos.

José Mourinho tinha orientado pela última vez o Chelsea a 18 de setembro de 2007, na receção aos noruegueses do Rosenborg (1-1), em encontro da jornada inaugural da fase de grupos da Liga dos Campeões.

No que respeita ao campeonato inglês (havia-se despedido com um 0-0 caseiro com o Blackburn, a 15 de setembro de 2007), Mourinho conta agora 47 vitórias, 14 empates e nenhuma derrota (125-28 em golos) nos jogos realizados em Stamford Bridge.

Também hoje, o reforço espanhol Roberto Soldado apontou de grande penalidade o tento que permitiu ao Tottenham, de André Villas-Boas, vencer no reduto do Crystal Palace por 1-0.

Contratado ao Valência por 30 milhões de euros, Soldado decidiu, com toda a calma, na transformação de um castigo máximo, aos 50 minutos, e foi sempre figura em destaque nos “Spurs”, que alinharam sem a sua maior estrela, o galês Gareth Bale.

O conjunto de André Villas-Boas teve várias oportunidades para aumentar a vantagem ao longo da segunda metade, mas não o conseguiu e ainda sofreu na parte final, com o guarda-redes francês Hugo Llloris a ser decisivo quase em cima da hora.

A formação londrina iniciou, assim, da melhor forma a sua participação na Premier League, ao contrário dos conterrâneos do Arsenal, que sofreram no sábado a primeira deceção da época, ao serem surpreendidos por 3-1 na receção ao Aston Villa.

Por seu lado, o campeão Manchester United iniciou da melhor forma a “era” pós Alex Ferguson, ao vencer por expressivos 4-1 no reduto do Swansea, com “bis” do holandês Robin van Persie e de Danny Welbeck. O treinador David Moyes, contratado ao Everton, orientou o primeiro jogo do United na Premier League sem o comando de Ferguson desde 1986.

Nos outros encontros primeira ronda realizados sábado, destaque para o holandês Ricky van Wolfswinkel, ex-Sporting, que salvou o Norwich da derrota caseira face ao Everton, ao apontar o 2-2 final, aos 71 minutos.

Em destaque, estiveram também o Fulham, que venceu fora o Sunderland por 1-0, e o Southampton, vencedor pelo mesmo resultado na casa do West Bromwich, com um tento de Rickie Lambert, aos 90 minutos, de penálti, num jogo em que apresentou José Fonte no “onze”.

Por seu lado, o West Ham, recebeu e bateu o recém-promovido Cardiff por 2-0, com tento de Joe Cole e Kevin Nolan. O avançado português Ricardo Vaz Té entrou quase sobre o final.

No primeiro jogo da prova, em Anfield Road, o Liverpool venceu o Stoke City por 1-0, graças ao avançado Daniel Sturridge e ao guarda-redes Simon Mignolet. O internacional inglês marcou o único golo do encontro, com um pontapé de fora da área, aos 37 minutos, e o belga, contratado ao Sunderland por 10,6 milhões de euros, defendeu uma grande penalidade, e ainda a recarga, aos 89.

Conteúdo publicado por Sportinforma com Lusa