Liga inglesa

12-01-2014 19:30

Liverpool vence Stoke City e reassume quarto lugar

O Manchester City assumiu a liderança provisória ao vencer por 2-0 na visita ao Newcastle United, com golos de Dzeko e Negredo.
Liverpool vence Stoke City e reassume quarto lugar

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O Liverpool venceu hoje em casa do Stoke City, por 5-3, e recuperou o quarto lugar da Liga inglesa de futebol, liderada provisoriamente pelo Manchester City, que contabiliza mais dois pontos e um jogo do que o Arsenal.

A 21.ª jornada da Liga inglesa estende-se por três dias e depois do Chelsea de José Mourinho ter assumido a liderança à condição no sábado, já hoje o Manchester City, com o triunfo no recinto do Newcastle  United, passou para a frente.

O Arsenal, presentemente no terceiro posto a dois pontos do atual líder Manchester City, defronta na segunda-feira o Aston Villa (11.º) no encerramento da jornada e, em caso de triunfo, retoma a condição de líder da Liga inglesa.

Num jogo de emoções fortes e muitos golos, o Liverpool chegou à vantagem frente ao Stoke City (12.º) com um autogolo de Ryan Shawcross, aos 05 minutos, e dilatou para 2-0 pelo uruguaio Luís Suàrez, aos 32.

O Stoke City anulou a vantagem do Liverpool com dois golos em seis minutos, por Peter Crouch (1-2), aos 39, e Charlie Adam (2-2), aos 45, relançando o encontro para a segunda parte.

Steven Gerrard, na conversão de uma grande penalidade aos 51 minutos, voltou a dar vantagem ao Liverpool, que aumentou a diferença novamente pelo uruguaio Luís Suàrez, aos 71, naquele que foi o seu segundo golo do encontro.

Jonathan Walters, aos 85 minutos, reduziu para o Stoke City (3-4), mantendo em aberto o resultado, que viria a ser sentenciado definitivamente a favor do Liverpool com um golo de belo efeito de Daniel Sturridge (3-5), aos 87.

O Manchester City assumiu a liderança provisória ao vencer por 2-0 na visita ao Newcastle  United, com golos de Dzeko e Negredo.

Em St. James Park, o bósnio Edin Dzeko, aos oito minutos, e o espanhol Alvaro Negredo, aos 90+5, marcaram os golos da vitória da formação comandada pelo chileno Manuel Pellegrini, que soma agora 47 pontos, mais um do que o Chelsea, que tinha subido provisoriamente ao primeiro lugar no sábado, com o triunfo na visita ao Hull City, por 2-0.

Conteúdo publicado por Sportinforma com Lusa