Chelsea

22-09-2015 19:18

"Guerra" Mourinho vs Eva Carneiro segue para os tribunais

Eva Carneiro foi afastada da equipa médica do Chelsea depois de ter entrado em campo para prestar assistência a Hazard.
Eva Carneiro
Foto: EMPICS Sport

Eva Carneiro

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Eva Carneiro deixou de fazer parte da equipa médica do Chelsea, depois de não ter comparecido ao trabalho na passada sexta-feira nem esta terça-feira, como era esperado. De acordo com o "Daily Mail", tudo indica que a médica deixou o clube londrino mas a "guerra" entre ambos seguirá noutros campos, já que Eva Carneiro prepara-se para levar o Chelsea a tribunal, num processo que deverá ser muito longo e dispendioso.

A médica, natural de Gibraltar, devia ter-se apresentado ao trabalho na passada sexta-feira mas não aparece em Cobhan, tal como aconteceu esta terça-feira. De acordo com o mesmo jornal, o Chelsea desconfia que a médica terá recorrido a grandes advogados para levar o caso a tribunal.

Eva Carneiro foi afastada da equipa médica do Chelsea depois de ter entrado em campo para prestar assistência a Hazard, já na parte final do empate do Chelsea ante o Swansea, numa altura em que os "blues" jogavam com menos um e tentavam a vitória.

Na altura Mourinho, na conferência de imprensa, acusou a médica e o seu staff de serem ingénuos e de não perceberem de futebol e que Carneiro deveria não autorizar a saída de Hazard do campo para receber assistência. Mais tarde surgiu um vídeo onde aparece o técnico luso a insultar Eva Carneiro, chamando-o de filha da p... A reação de Mourinho está nas mãos da Federação Inglesa que decidiu instaurar um inquérito para saber o que realmente se passou. O técnico pode ser suspenso por cinco jogos.

Conteúdo publicado por Sportinforma