Inglaterra

12-12-2015 20:19

Bournemouth vence e agrava crise do United

Depois de bater o Chelsea na última ronda, os recém-promovidos voltaram a surpreender.
Bournemouth

Bournemouth bateu os red devils por 2-1

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O Manchester United continua sem vencer, desta vez ao sofrer a segunda derrota consecutiva em poucos dias, após perder na visita ao AFC Bournemouth (2-1), em jogo da Liga inglesa de futebol.

Poucos dias depois da derrota com o Wolfsburgo (3-2) e a eliminação da Liga dos Campeões, Louis van Gaal tinha a hipótese de chegar, ainda que provisoriamente, ao topo do campeonato, mas falhou em toda a linha.

Frente ao Bournemouth, que na última jornada tinha ido vencer a casa do Chelsea, os ‘red devils’ somaram o quinto jogo sem vencer (duas derrotas e três empates), sendo preciso recuar até 21 de novembro para o último triunfo (fora com o Watford, 2-1).

Hoje, em Bournemouth, o inglês Junior Stanislas inaugurou o marcador para a equipa da casa, logo aos dois minutos, mas o belga Fellaini ainda igualou aos 24. Na segunda metade um golo do norueguês Joshua King deu a vitória ao Bournemouth (aos 54).

Van Gaal viu assim a equipa desperdiçar a oportunidade de se ‘colar’ ao Manchester City, que hoje venceu por 2-1 o Swansea, na frente da classificação, embora Leicester e Arsenal ainda tenham que disputar os respetivos jogos da 16.ª jornada.

O City conseguiu a sua vitória ‘in extremis’, num jogo ‘apático’ da equipa de Manuel Pellegrini.

Estiveram a vencer por 1-0 até muito perto do fim, com golo de Boni (ex-Swansea), aos 26 minutos, mas os visitantes ainda acreditaram e fizeram a igualdade, cabendo a Yaya Toure (90+2) salvar a equipa da casa.

O Arsenal visita no domingo o Aston Villa e o Leicester, a equipa sensação desta ‘Premier League’ recebe na segunda-feira o Chelsea, de José Mourinho.

Conteúdo publicado por Sportinforma