Inglaterra

24-08-2016 18:31

Wenger "Reforma? não escondo que esse dia assusta-me"

Técnico está há 20 anos ao comando do Arsenal.
Arsène Wenger
Foto: ANDY RAIN / EPA

Arsène Wenger

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Arsène Wenger, técnico que está há 20 anos no Arsenal, revelou que receia o momento em que irá colocar um ponto final na já longa carreira enquanto treinador.

"O futebol tem sido a minha vida, não escondo que esse dia me assusta porque quanto mais adiar a decisão, mais difícil será livrar-me do vício", revelou o técnico francês-

Wenger compara o seu caso com o de Alex Fergunson. Certa vez terá questionado o técnico sobre se sentia da falta do futebol e ficou espantado com a resposta.

"Fomos jogar a Old Trafford depois da saída de Alex Ferguson e ele enviou-me uma mensagem para bebermos um copo. Perguntei-lhe se sentia falta do futebol e ele disse-me que não. Não compreendi. É um vazio que fica na nossa vida, especialmente quando viveste sempre à espera do próximo jogo para o vencer. É daí que retiramos o nosso prazer", sublinhou.

Conteúdo publicado por Sportinforma