Inglaterra

25-08-2016 08:11

Wenger: "Gasto o dinheiro do clube como se fosse o meu"

O treinador gaulês está há 20 anos no Arsenal.
Arsène Wenger
Foto: ANDY RAIN / EPA

Arsène Wenger

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Arsène Wenger explicou a sua abordagem e a do Arsenal no mercado de transferências, comparando os fundos do clube à sua carteira.

"Acredito que a única forma de ser treinador é gastar o dinheiro do clube como se fosse meu, se não for assim corro o risco de cometer muitos erros", afirmou o veterano técnico francês dos gunners.

"Tomamos decisões importantes e acredito que devemos agir como se o dinheiro fosse nosso, como se fossemos os donos do clube. Se assim não for, não vamos longe", rematou.

Conteúdo publicado por Sportinforma