Futebol

01-09-2016 09:11

Haja dinheiro! Em Inglaterra nunca se gastou tanto em transferências

Os clubes do Championship (2ª divisão do futebol em Inglaterra), gastaram mais que a Liga Francesa.
Pogba custou 109 milhões de euros ao United

Pogba custou 109 milhões de euros ao United

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Se em Portugal o 31 de agosto foi louco no que toca a transferências, o que dizer de Inglaterra? A Liga de futebol mais rica do mundo bateu todos os recordes de gastos, com os clubes ingleses a desembolsarem 1,41 mil milhões de euros em compras este verão, valor superior aos 1,31 mil milhões gastos na época passada.

A Liga Inglesa arrasou a concorrência nas compras, deixando para trás a Serie A, a Bundesliga e a La Liga. Para se ter uma ideia do poderio dos ingleses, os clubes do Championship (2ª divisão do futebol em Inglaterra), gastaram mais que a Liga Francesa, ao desembolsarem 243,55 milhões de euros em aquisições, contra 192,47 milhões da Ligue 1.

No último dia do mercado de transferências, o Chelsea pagou 38,5 milhões de euros ao PSG para reaver David Luiz, defesa brasileiro que tinha deixado os "Blues" em 2014 por 50 milhões. Os londrinos deram ainda 23 milhões a Fiorentina pelo passe do defesa Marcos Alonso.

Um dos negócios do dia em Inglaterra foi a transferência de Moussa Cissoko do Newcastle para o Tottenham. O internacional francês já tinha tudo acertado com o Everton mas, à última da hora, acabou por preferir os Spurs, que pagaram 35 milhões de euros pelo seu passe. Um recorde no Tottenham.

Entre os que mais gastaram, temos o Manchester City que desembolsou 213 milhões em compras, seguido do United que gastou 185 milhões, 105 deles só em Pogba. Mais um recorde no clube em Inglaterra. O Chelsea gastou 141 M€.

O novo acordo da venda de direitos televisivos da Liga Inglesa proporcionou um aumento considerável de capital dos clubes ingleses. Com tanto dinheiro, não admire que tenham gasto tanto. Para se ter uma ideia 13 dos 20 clubes da Premier League bateram os seus recordes em gastos num jogador este verão. Curiosamente, Manchester City, Chelsea e Arsenal, três candidatos ao título foram dos poucos que não bateram o seu recorde em compras.

As 13 equipas que bateram recorde em investimentos num jogador

1. Manchester United, Pogba - 105 milhões de euros
2. Liverpool, Sadio Mané - 42 milhões
3. Crystal Palace, Benteke - 36 milhões
4. Leicester, Islam Slimani - 30+5 milhões
5. West Ham, Andre Ayew - 24 milhões
6. Southmapton, Boufal - 19 milhões
7. Swansea, Baston - 18 milhões
8. Bournemouth, Ibe - 18 milhões
9. Sunderland, Ndong - 16 milhões
10. Watford, Pereyra - 15 milhões
11. WBA, Chadli - 15 milhões
12. Hull City, Mason - 15 milhões
13. Burnley, Hendrick - 12 milhões

Conteúdo publicado por Sportinforma