Liga italiana

27-08-2016 23:39

Nápoles vence pela primeira vez

O Nápoles, adversário do Benfica na Champions, venceu o AC Milan por 4-2.
Callejón
Foto: CIRO FUSCO

Callejón, avançado marcou dois golos

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Nápoles, adversário do Benfica na Liga dos Campeões de futebol, obteve hoje o primeiro triunfo no campeonato italiano, ao bater o Milan, por 4-2, em jogo da segunda jornada, marcada por novo triunfo da Juventus.

O polaco Milik, reforço proveniente do Ajax, estreou-se a marcar pelos napolitanos e fê-lo por duas vezes, aos 18 e 33, dando a sensação de que este seria um jogo tranquilo para a equipa da casa, mas o Milan empatou no segundo tempo, com tentos do francês Niang (51) e do espanhol Suso (55).

O Nápoles retomou o comando do marcador aos 74 minutos, por intermédio do espanhol Callejón, que ainda bisou em período de compensação (90+4), quando o Milan estava reduzido a nove unidades, devido às expulsões do eslovaco Kucka (75) e de Niang (88).

A equipa napolitana, que recebe o Benfica a 28 de setembro e visita a Luz a 06 de dezembro, na última jornada do Grupo B da 'Champions', soma quatro pontos, menos dois do que a pentacampeã Juvetus, que foi a Roma vencer a Lazio, por 1-0, com um golo solitário do médio alemão Sami Khedira.

Numa partida com poucas oportunidades, a Juventus, que na jornada inaugural bateu a Fiorentina, por 2-1, teve dificuldades em se impor na primeira parte à equipa comandada pelo italiano Simone Inzaghi.

Na segunda parte, porém, a Juventus acelerou e passou a dominar a partida, justificando o golo apontado aos 66 minutos por Sami Khedira, assistido pelo argentino Paulo Dybala.

A jornada completa-se no domingo, dia em que há seis equipas candidatas a juntar-se à 'Juve' no topo, incluindo a Roma, eliminada pelo FC Porto no 'play-off' da Liga dos Campeões e que visita o recém-promovido Cagliari.

O Inter de Milão, ao qual se juntou o internacional português João Mário, recebe o Palermo depois de ter arrancado com uma derrota no terreno do Chievo, precisamente o adversário que visita a Fiorentina, de Paulo Sousa.

Conteúdo publicado por Sportinforma