Liga italiana

15-04-2017 16:47

Juventus foge 'de' Roma e reforça liderança

A Juventus venceu no terreno do lanterna-vermelha Pescara por 2-0.
Juventus festeja golo

Juventus festeja golo

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

A Juventus foi hoje vencer ao terreno do lanterna-vermelha Pescara por 2-0 e aproveitou da melhor forma o deslize da Roma, que empatou em casa com a Atalanta (1-1), para reforçar a liderança do campeonato italiano de futebol.

O emblema de Turim, pentacampeão transalpino em título, aumentou para oito pontos a vantagem sobre os romanos, que seguem no segundo posto, numa 32.ª jornada em que a Fiorentina, de Paulo Sousa, perdeu na receção ao Empoli (2-1) e praticamente ficou fora da luta pelas competições europeias.

A poucos dias de defrontar o FC Barcelona em Camp Nou, na segunda mão dos quartos de final da Liga dos Campeões, a Juventus resolveu cedo o encontro com o Pescara, com um ‘bis’ do argentino Gonzalo Higuain, aos 23 e 43 minutos, mas poderá ter perdido Paulo Dybala para o jogo em Espanha.

O avançado argentino, que ‘bisou’ no 3-0 da ‘Juve’ face aos detentores do título espanhol, saiu lesionado aos 54 minutos, após entrada dura de Muntari, e está em dúvida para o encontro da Catalunha.

Ao contrário dos comandados de Massimiliano Allegri, a Roma não conseguiu vencer, mesmo jogando em casa.

Os forasteiros colocaram-se mesmo em vantagem, aos 22 minutos, pelo esloveno Jasmin Kurtic, com os romanos a chegarem à igualdade aos 50, pelo avançado bósnio Edin Dzeko. O português Mário Rui foi titular na equipa da casa.

Em Florença, o Empoli alcançou um importante triunfo na luta pela manutenção, graças a uma grande penalidade convertida por Pasqual nos descontos (90+3 minutos) e deixou Paulo Sousa em maus lençóis.

Antes, o marroquino El Kaddouri deu vantagem aos forasteiros, aos 37, mas o espanhol Tello, ex-FC Porto, refez a igualdade, aos 64.

A Fiorentina segue no oitavo posto, a oito pontos dos lugares de acesso à Liga Europa, quando faltam disputar seis jornadas, enquanto o Empoli ficou cinco pontos acima a zona de despromoção.

A Lazio, quarta classificada, foi empatar a dois golos ao campo do Génova, 16.º, que contou com o internacional português Miguel Veloso a titular.

O Cagliari, com Bruno Alves no ‘onze’, recebeu e goleou o Chievo por 4-0.

No arranque da jornada, um golo do colombiano Cristian Zapata, validado com o recurso à tecnologia de golo, garantiu o empate 2-2 do AC Milan com o Inter Milão.

Depois de chegar ao intervalo a perder por 2-0, o AC Milan conseguiu anular a vantagem do grande rival na segunda parte e com um golo aos sete minutos de compensações.

Antes, a sete minutos dos 90, tinha sido Alessio Romagnoli a reduzir para o AC Milan.

No primeiro tempo, e no espaço de oito minutos, o Inter tinha chegado ao 2-0, com os golos de Antonio Candreva (36) e Mauro Icardi (44).

O internacional português João Mário voltou a ser titular, mas acabou por ser rendido, a 10 minutos do final, pelo colombiano Jeison Murillo.

Com este empate 2-2, igual ao da primeira volta, o AC Milan manteve o sexto lugar, com 58 pontos, mais dois que o Inter.

Ainda hoje, o Nápoles, terceiro classificado, vai tentar aproximar-se da Roma, na receção à Udinese.

Conteúdo publicado por Sportinforma