Futebol / Itália

12-05-2017 15:35

Presidente da Juventus na Comissão Antimáfia do Parlamento italiano

O presidente da Juventus, Andrea Agnelli, vai comparecer a 18 de maio perante a Comissão Antimáfia do Parlamento italiano.
Presidente da Juventus na Comissão Antimáfia do Parlamento italiano
Foto: EPA/Di Marco

Presidente da Juventus na Comissão Antimáfia do Parlamento italiano

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O presidente da Juventus, Andrea Agnelli, vai comparecer a 18 de maio perante a Comissão Antimáfia do Parlamento italiano, na sequência das acusações de ligação a mafiosos infiltrados nos adeptos do clube, noticia hoje a comunicação social transalpina.

Agnelli foi acusado de oferecer bilhetes para os jogos da Juventus, pentacampeã italiana de futebol, a elementos da ‘Ndrangheta, a máfia calabresa, denunciado pela federação italiana de futebol, que está a investigar o caso na esfera da justiça desportiva.

O presidente da equipa de Turim, finalista da Liga dos Campeões desta época, negou as acusações e explicou que apesar de se encontrar periodicamente com grupos de adeptos, desconhecia quaisquer atividades ilícitas que possam ter perpetrado.

Agnelli terá agora oportunidade de defender a sua inocência perante a presidente da comissão parlamentar, Rosy Bindi, mas também deverá ter de o fazer na sequência do inquérito instaurado pela federação italiana.

Conteúdo publicado por Sportinforma