Internacional

02-09-2016 19:35

Liga Moçambicana de Futebol desafia clubes a redefinirem estratégias face à crise

O presidente da Liga Moçambicana de Futebol desafiou hoje os gestores dos clubes a redefinirem as estratégias de gestão como forma de fazer face à crise económica que o país atravessa.
9c46ee111e738529cd0e6ae0a84fb5b153922.jpg
Foto: © 2013 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.

Uma bola de futebol na linha de golo no Estádio do Restelo, 16 julho 2013. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

"Face ao atual contexto, desafiamos os gestores dos clubes a repensarem as suas estratégias", afirmou Ananias Couana, falando durante um seminário sobre jornalismo e gestão desportiva, realizado hoje pela Liga Moçambicana de Futebol e a União de Exportadores da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Enaltecendo a importância de estratégias de marketing arrojadas e capazes de responder às exigências do mundo moderno, o presidente da Liga disse que a gestão desportiva assume um papel importante para a qualidade do futebol, considerando que os clubes precisam de prestar mais atenção aos atletas.

"Não podemos ficar de braços cruzados a ver o fim dos nossos clubes", declarou, acrescentando que a identificação de parcerias internacionais assume um papel importante para fazer face ao "mau momento" que o país atravessa.

Também Mário Costa, presidente da União de Exportadores da CPLP, destacou a importância de parcerias internacionais para o futebol moçambicano, manifestando a intenção de apostar em dinamizar as ligações entre os países da comunidade na captação de talentos.

"Sabemos que na CPLP há um viveiro de talentos e os próprios clubes podem criar mais valências e mais receitas", disse à Lusa o também presidente da assembleia-geral da Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

Em abril, a Liga Moçambicana de Futebol e a União de Exportadores da CPLP assinaram um memorando de entendimento para a aproximação dos clubes entre os países membros, criação de torneios e facilitação da entrada de jogadores moçambicanos no futebol internacional a partir de Brasil e Portugal.

Face à atual crise que Moçambique atravessa, vários clubes da principal prova de futebol moçambicano estão a enfrentar dificuldades financeiras para o pagamento de salários e outras despesas.

Conteúdo publicado por Sportinforma