Qual.Mundial2018

02-09-2016 09:58

Messi volta, marca e dá liderança à Argentina na zona sul-americana

Em Mendoza, na estreia de Bauza, Messi fez o único golo da partida aos 43 minutos.
Messi marca na vitória da Argentina sobre o Uruguai
Foto: Lusa

Messi marca na vitória da Argentina sobre o Uruguai

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Lionel Messi regressou na quinta-feira à seleção argentina com o golo decisivo no triunfo sobre o Uruguai, por 1-0, em jogo da sétima jornada da zona sul-americana de qualificação para o Mundial2018 de futebol.

Após a derrota na final da Copa América, frente ao Chile, o futebolista do FC Barcelona tinha anunciado o final da sua carreira internacional, mas, com a chegada de Edgardo Bauza ao cargo de selecionador, acabou por regressar à seleção.

Em Mendoza, na estreia de Bauza, Messi fez o único golo da partida aos 43 minutos, dando o triunfo aos argentinos, que assumiram a liderança da qualificação sul-americana, com 14 pontos, mais um do que Uruguai, Colômbia e Equador e dois do que o Brasil.

“Quando falei com Bauza e com os rapazes não podia não voltar. Confio muito neste grupo, temos vindo a fazer muito bem as coisas, apesar das finai perdidas [nas duas últimas edições da Copa América]”, afirmou Messi, que disse “estar muito feliz” por ter regressado.

O Chile, que venceu as duas últimas edições da Copa América, continua a fazer uma qualificação abaixo das expetativas e caiu para o sétimo lugar, a quatro pontos da Argentina, depois de perder, por 2-1, com o Paraguai, que igualou o Brasil, na quinta posição.

Em Assunção, o Paraguai entrou ‘com tudo’ e, aos nove minutos, já vencia por 2-1, com golos de Oscar Romero (06) e Paulo da Silva (09).

O melhor que o Chile conseguiu fazer foi reduzir, pelo inevitável Arturo Vidal, aos 37 minutos.

Conteúdo publicado por Sportinforma