Mundial2018

24-03-2017 22:04

Espanha e Itália mantêm 'braço de ferro' no Grupo G

Em Gijón, a Espanha não deu hipótese a Israel e venceu por 4-1.
Espanha - Israel: Diego Costa marca golo
Foto: Lusa

Espanha - Israel: Diego Costa marca golo

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

A Espanha e a Itália, duas das três últimas campeãs do mundo, mantiveram-se hoje lado a lado na liderança do Grupo G de apuramento para o Mundial2018 de futebol, depois de vencerem Israel e Albânia, respetivamente.

Em Gijón, a Espanha não deu hipótese a Israel e venceu por 4-1, com golos de David Silva (13 minutos), que igualou Hierro como quarto melhor marcador da ‘roja’, com 29 tentos, Vitolo (45+1), Diego Costa (51) e Isco (88), tendo Rafaelov reduzido, aos 76.

No jogo 1.000 sénior do guarda-redes Gianluigi Buffon, a Itália venceu em casa a Albânia, por 2-0, num encontro que esteve cerca de 10 minutos interrompido, depois de os adeptos forasteiros terem enviado tochas para o relvado.

Daniele De Rossi, aos 12 minutos, de grande penalidade, e Immobile, aos 71, marcaram para os transalpinos, que passaram a somar 13 pontos, os mesmos de Espanha, que lidera com melhor diferença de golos.

No outro encontro do Grupo G, a Macedónia foi vencer por 3-0 ao Liechtenstein, somando os primeiros pontos na qualificação, seguindo na quinta posição, com três pontos, menos seis do que Israel e três do que a Albânia, enquanto a equipa do principado ainda não pontuou.

No Grupo D, a Sérvia subiu ao primeiro lugar, depois de vencer a Geórgia, por 3-0, e beneficiar do empate caseiro da Irlanda com o País de Gales (0-0).

A jogar em casa, a Geórgia colocou-se em vantagem logo aos seis minutos, por Katcharava, mas a Sérvia conseguiu dar a volta ao marcador, com golos de Tadic (45), de grande penalidade, Aleksandar Mitrovic (64) e Gacinovic (86).

Em Dublin, o empate a zero entre a Irlanda e o País de Gales ficou marcado pela lesão grave de Seamus Coleman após uma entrada violentíssima de Neil Taylor, que foi expulso aos 69 minutos.

Com estes resultados, a Sérvia passou a somar 11 pontos, os mesmos da Irlanda e mais quatro do que o País de Gales, que foi apanhada pela Áustria, que venceu a Moldávia, por 2-0. A Geórgia é quinta, com dois pontos, e a Moldávia é sexta e última, só com um.

A Croácia manteve a liderança isolado do Grupo I, ao vencer em casa a Ucrânia, por 1-0, com um golo de Kalinic, aos 38 minutos, passando a ter dois pontos de avanço sobre o segundo classificado, que é agora Islândia, que venceu no Kosovo, por 2-1.

A Ucrânia caiu para o terceiro lugar, com oito pontos, os mesmos da Turquia, que venceu a Finlândia, por 2-0, com dois golos de Tosun em quatro minutos, aos nove e 13.

Com apenas um ponto, a Finlândia e o Kosovo seguem nos dois últimos lugares do grupo.

Conteúdo publicado por Sportinforma