Mundial2018

25-03-2017 00:56

Rep. Irlanda e País de Gales unidos no lamento pela lesão de Coleman

Os selecionadores da República da Irlanda e do País de Gales lamentaram o infortúnio de Seamus Coleman na partida desta sexta-feira.
Rep. Irlanda e País de Gales: Robson-Kanu e Seamus Coleman
Foto: AFP

Rep. Irlanda e País de Gales: Robson-Kanu e Seamus Coleman

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

Os selecionadores da República da Irlanda e do País de Gales lamentaram o infortúnio de Seamus Coleman na partida desta sexta-feira, entre as seleções dos dois países, no apuramento para o Campeonato do Mundo da Rússia, em 2018. O primeiro a comentar o lance, ocorrido ao minuto 69 do encontro que terminou com uma igualdade, sem golos, foi o técnico irlandês.

"É realmente um duro golpe para ele, que estava a realizar a época de uma vida ao serviço do seu clube. É um grande jogador para nós, um grande capitão, por isso é uma grande, grande perda para nós e para o Everton", assumiu Martin O'Neill, que antes já confirmara a ida do lateral direito a um hospital de Dublin, onde foi confirmado o pior dos cenários.

Também o selecionador galês, que partilha o apelido com o azarado irlandês, lamentou o sucedido, tentando desculpabilizar a ação de Neil Taylor, que viu o cartão vermelho na sequência da entrada violentíssima que incapacitou o lateral do Everton.

"É muito mau para Seamus, espero que não fique muito tempo afastado, pois trata-se de um dos melhores defesas da Premier League. Neil Taylor não é esse tipo de jogador e ele próprio já se debateu com este tipo de lesão", recordou Chris Coleman, acrescentando: "Ele é um grande rapaz e o próprio Neil Taylor está devastado."

Conteúdo publicado por Sportinforma