Justiça

14-04-2017 23:36

Investimento no Mundial2014 continua a ser investigado

Justiça brasileira continua a detetar irregularidades em seis estádios do Mundial2014.
Sao Paulo chosen as soccer venue for Olympic Games Rio 2016
Foto: Lusa

Arena Corinthians, estádio em São Paulo

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

A justiça brasileira encontrou irregularidades nos processos de financiamento e construção de seis estádios que receberam jogos do Mundial2014, na sequência de depoimentos de altos funcionários da Odebrecht, a maior empresa de construção do país.

O estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, o mais emblemático do Brasil, que recebeu a final do Campeonato do Mundo, é um dos recintos afetados, em conjunto com a nova Arena Corinthians, em São Paulo, e os recintos em Brasília, Recife, Fortaleza e Manaus.

Os testemunhos dos executivos da Odebrecht deixam em aberto a possibilidade de serem levantadas acusações de corrupção, financiamento ilegal e fraude, envolvendo, entre outros, políticos que participaram na organização do torneio mundial.

De acordo com os responsáveis da construtora, uma das empresas no centro da investigação Lava Jato, a maior operação de combate à corrupção da história do Brasil, a Arena Corinthians deveria ter custado menos de 100 milhões de euros (ME), mas custou quase 300 ME.

Conteúdo publicado por Sportinforma