2-0 ao intervalo

08-11-2010 20:35

Golos polémicos não tiram mérito ao Sporting

O Sporting está a vencer ao intervalo, por 2-0, o Vitória de Guimarães, num jogo onde as duas equipas procuram apanhar o Benfica no segundo lugar da classificação. Os leões chegaram aos golos através de Postiga e Vukcevic, com muitos protestos dos minhotos.
Golos polémicos não tiram mérito ao Sporting

Por João Paulo Godinho sapodesporto@sapo.pt

O regresso à Liga prometia dificuldades perante um V. Guimarães complicado, mas o Sporting está a resolver com tranquilidade os poucos problemas que os minhotos estão a colocar esta noite em Alvalade.

Moralizados pela perspectiva de apanhar o Benfica no segundo lugar da classificação e afastar um adversário com os mesmos pontos à entrada para esta jornada, os leões assumiram o controlo do jogo desde o primeiro minuto.

Depois da derrota surpreendente em Gent para a Liga Europa (3-1), Paulo Sérgio voltou a efectuar uma ‘revolução’ no onze, fazendo regressar alguns ‘trunfos’, como Carriço, João Pereira, Vukcevic e Postiga.

Assim, o Sporting já tinha desperdiçado duas boas ocasiões aos dez minutos, até que surgiu o primeiro golo. Valdés foge pelo flanco direito aos 16’ e assiste Postiga para o seu primeiro golo no campeonato, depois de muitas tentativas frustradas pelos postes nos jogos anteriores. No entanto, ficam algumas dúvidas na posição do chileno no momento da desmarcação.

Num momento invulgar, o árbitro Elmano Santos teve de sair devido a lesão e entrou para o seu lugar André Gralha. O juiz acabou por chegar e receber logo um caso difícil de ajuizar com o segundo golo do Sporting.

Aos 29’, Vukcevic ensaia um canto directo e Nilson embrulha-se com a bola na linha de baliza, com os jogadores leoninos a pedirem golo. O árbitro auxiliar valida o golo e André Gralha seguiu a indicação do seu assistente, que de imediato se viu rodeado por um batalhão de jogadores do Vitória de Guimarães, revoltados com a decisão da equipa de arbitragem.

A vantagem de 2-0 afectou claramente a equipa de Manuel Machado, que não mais conseguiu pôr em sentido a defesa do Sporting. Por outro lado, os leões reforçaram o domínio e apesar das dúvidas em torno do segundo golo, já tinha desperdiçado várias ocasiões, nomeadamente por Postiga, Maniche e Valdés.

O intervalo chegou pouco depois, com Manuel Machado a confrontar numa discussão acesa a equipa de arbitragem. O Sporting vence com justiça, indiferente à polémica, e onde sobressaem Postiga, Vukcevic e Valdés, a exibirem-se a muito bom nível.