Futebol nacional

25-02-2011 15:38

Polícia revela impotência para travar entrada de adeptos violentos

O Comissário João Pestana revelou que os adeptos causadores de incidentes na bancada do Sporting no dérbi com o Benfica irão continuar a marcar presença nos jogos, apesar de estarem identificados.
Polícia revela impotência para travar entrada de adeptos violentos

Por Miguel Henriques sapodesporto@sapo.pt

No âmbito do seminário “Futebol - Um Espectáculo Seguro”, o Comissário, João Pestana (chefe do núcleo de informações do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP) foi questionado relativamente aos incidentes da última segunda-feira, em que se registaram desacatos no topo do Sul do estádio de Alvalade durante o jogo Sporting – Benfica.

O Comissário revela que os adeptos causadores de incidentes estão devidamente identificados, porém deixou a suspeição no ar de que se estes continuam a assistir aos jogos de futebol, não será por culpa da Polícia de Segurança Pública, nem por inércia desta.

«Houve uma reacção na segunda-feira por questões que ainda estão por apurar e deu naquilo que deu. Com toda a certeza posso dizer que alguns dos adeptos que estiveram envolvidos nesses incidentes tinham um histórico bastante relevante de comportamentos inadequados, inclusivamente de questões criminais associadas ao desporto. Estes estarão provavelmente na próxima quarta-feira no estádio da Luz (jogo Benfica – Sporting relativo à taça da Liga), como estiveram ontem em Alvalade e assim continuaremos», afirmou.