Sporting Clube de Braga

26-03-2012 22:09

Abram alas ao novo líder

SC Braga sobe ao primeiro lugar com 58 pontos, deixando para trás FC Porto e Benfica, tem 13 vitórias consecutivas na I Liga e conta ainda com o melhor marcador (Lima com 19 golos). Tudo isto sem precisar de candidatura.
Abram alas ao novo líder

Por João Agre sapodesporto@sapo.pt

Sporting de Braga é o novo líder da I Liga após vencer a Académica por 2-1, em jogo de fecho da 24.ª jornada. Depois de FC Porto e Benfica terem ocupado o comando, o campeonato português conhece um novo líder. Chama-se Sporting Clube de Braga. E o mais curioso é que nem se candidatou para chegar ao topo da tabela.

O SC Braga aproveitou os deslizes do Benfica em Olhão (0-0) e FC Porto em Paços de Ferreira (1-1) para se instalar confortavelmente no primeiro lugar. Com mais uma exibição sólida (mais na primeira parte do que na segunda), os golos de Mossoró (36’) e Lima (45’) traduziram a superioridade bracarense em casa, que já leva 13 vitórias consecutivas no campeonato.

A entrada do SC Braga não foi tão fulminante como esperada, tendo os jogadores acusado a pressão da importância deste jogo. No entanto, a partir do minuto 15, o melhor futebol dos Guerreiros do Minho começou a aparecer.

O primeiro golo, o de Márcio Mossoró, foi uma ode ao bom futebol que o SC Braga praticou nos instantes finais do primeiro tempo. Ao minuto 36, após cruzamento de Miguel Lopes, o médio brasileiro segurou-se firme no relvado e cabeceou certeiro para o fundo das redes da baliza defendida por Peiser, que não teve hipóteses de defesa.

Já com a Académica algo assustada, Lima ampliou, em cima do minuto 45, a vantagem minhota. O avançado brasileiro fez o seu 19.º golo na prova, regressando ao topo, ultrapassando Cardozo do Benfica.

A formação orientada por Leonardo Jardim foi para o intervalo com a sensação que a liderança estava ao seu alcance.

No segundo tempo, e numa altura em que o Braga estava mais perto de fazer o terceiro, David Simão precisou apenas de sete minutos em campo para fazer o golo dos Estudantes, com um remate fortíssimo fora da área.

Os Estudantes, que ainda não venceram em 2012, mostraram mais garra durante o segundo tempo, tentando de tudo para sair da capital do Minho com pontos, mas a organização defensiva dos arsenalistas não permitiu até ao fim do encontro. No entanto, os minhotos passaram por momentos de aflição. Valeram as grandes defesas de Quim, redimindo-se do golo sofrido em Barcelos na semana passada para a Taça da Liga, onde o SC Braga foi afastado pelo Gil Vicente.

Com o apito final no Estádio Axa, os cerca de 16 mil adeptos gritaram «Campeões Olé». Falta saber o que dirá Leonardo Jardim e toda comitiva bracarense. 

Na próxima jornada (25.ª), o SC Braga visita o Estádio da Luz e na seguinte (26.ª) recebe o FC Porto, na mesma ronda que o Benfica joga em Alvalade.