Sporting

23-01-2013 16:53

Joãozinho e Ventura apresentados em Alvalade

Jogadores estão prontos para dar tudo no clube de Alvalade.
Joãozinho e Ventura apresentados em Alvalade

Por Eduardo Santiago sapodesporto@sapo.pt

O Sporting apresentou esta quarta-feira dois novos reforços para o plantel de Jesualdo Ferreira. O lateral esquerdo Joãozinho e o guarda-redes Ventura foram apresentados no Museu do Sporting, no Estádio de Alvalade, e garantiram estar confiantes para esta nova etapa na carreira.

O primeiro jogador a falar após a visita ao Museu do Sporting foi Joãozinho. O defesa esquerdo de 23 anos quis desde logo rectificar a imprensa que gostaria de ser tratado por “Joãozinho” depois de notícias que davam conta que o número 5 dos leões iria passar a chamar-se “João”.

«É Joãozinho, nem sei de onde veio essa notícia. Apenas li nos jornais. Toda a gente me conhece por Joãozinho, por isso ponto final no assunto», afirmou o defesa lateral esquerdo do Sporting.

Em relação à concorrência de Insúa para o lado esquerdo da defesa, Joãozinho não se mostrou preocupado com a possível permanência do argentino no plantel.

«O Sporting é que sai a ganhar. Se Insúa ficar, só vai dar valor ao meu trabalho. Estou a chegar, com ele cá, portanto é sinal de que as pessoas acreditam em mim. Se é mais complicado? É mais complicado. Mas se ele ficar, vou aprender muito com ele»

Já o guarda-redes Ventura, que trocou o FC Porto pelo Sporting por empréstimo, garantiu que não foi «empurrado» para Alvalade» e que espera poder lutar pela titularidade com Rui Patrício.

«Não, empurrado não, foi uma decisão minha e do Sporting, que estava interessado em mim», começou por dizer.

«Claro que não é fácil, mas o intuito é lutar por um lugar. Vou trabalhar todos os dias para quando for chamado responder», reconheceu o guarda-redes de 24 anos quando questionado acerca da luta pela titularidade com Rui Patrício.

No Sporting, Hugo Ventura irá reencontrar Jesualdo Ferreira, técnico que promoveu o jovem guarda-redes ao futebol sénior. Para o guardião, a presença do professor foi determinante para a sua ida para Alvalade.

«Foi importante [na ida para o Sporting], foi o treinador que me lançou e acredita em mim. Acredito que posso ajudar o treinador e o clube, e a equipa crescer», sentenciou Ventura.