Sporting

11-07-2013 11:26

Empresário de Bruma culpa Bruno de Carvalho pela rescisão de Bruma

Cátio Baldé diz que presidente do Sporting não soube conduzir o processo de renovação de contrato do jogador.
Empresário de Bruma culpa Bruno de Carvalho pela rescisão de Bruma

Por Bruno Miguel Dias sapodesporto@sapo.pt

Prossegue a novela em torno da rescisão de Bruma com o Sporting e esta manhã chegou a novidade de que o advogado do jogador pediu em Tribunal a nulidade do contrato que liga o extremo aos leões.

Isso mesmo foi confirmado por Catió Baldé ao SAPO Desporto. O empresário do jogador confirma ainda que Bruma não compareceu esta manhã em Alcochete e culpa Bruno de Carvalho pelo desfecho deste processo.

«As coisas não foram feitas da maneira correta e há responsáveis e pessoas que têm de assumir as responsabilidades. Bruno de Carvalho é o chefe máximo do clube e devia ser o primeiro a ter uma preocupação enorme com este caso para conservar o maior ativo que o clube tem neste momento», afirma o representante de Bruma, que aponta o dedo ao presidente leonino: «O Bruma veio do Mundial e o presidente foi de férias e deixou esta situação pendente».

Para esta tarde estava marcada uma reunião entre os representantes do jogador e a direção leonina, mas Baldé diz que esse encontro já não vai realizar-se, pois o Sporting «mantém a exigência da presença do jogador», algo que os representantes do atleta não admitem.

Quanto a Bruma, o empresário diz que está «tranquilo» e a aguardar pelo desenvolvimento da situação.

«O Bruma está tranquilo e a acompanhar esta situação. Acredita nas pessoas que o estão a acompanhar porque não somos bandidos. Eu é que trouxe o Bruma para Portugal e o eduquei, por isso ele sabe bem o que estamos a fazer», termina Baldé.