Pedro Martins

20-03-2014 17:15

"Jorge Sousa dá-me muita confiança"

O treinador maritimista quer fazer o pleno de vitórias sobre os 'grandes' em casa e bater este sábado o Sporting nos Barreiros.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O treinador do Marítimo manifestou hoje confiança em Jorge Sousa, apesar da eventual pressão que as palavras do presidente do Sporting possam causar sobre o árbitro, no sábado, no jogo da 24.ª jornada da I Liga de futebol.

Pedro Martins, cuja equipa já bateu esta época o Benfica e o FC Porto na condição de visitado, promete que o Marítimo tudo fará para, frente ao Sporting, fazer o pleno com os "grandes" a jogar nos Barreiros. "Não me preocupam nem as arbitragens nem a pressão, até porque o árbitro Jorge Sousa dá-me muita confiança e não é dado a pressões", disse Pedro Martins, em conferência de imprensa.

Deixando para trás o tema arbitragem, o treinador dos "verde-rubros" preferiu falar do jogo com o Sporting e da sua importância para o cumprimento dos objetivos do Marítimo.

"É um jogo que queremos vencer, para dar continuidade à nossa caminhada. Faltam sete jogos para o fim do campeonato, estão 21 pontos em jogo e pretendemos pontuar frente ao Sporting para podermos continuar a alimentar o nosso objetivo europeu", explicou.

Depois de ter ganhado nos Barreiros ao Benfica (2-1) e ao FC Porto (1-0), Pedro Martins pensa que é possível bater agora o terceiro "grande".

"É claro que podemos fazer o pleno com os ‘grandes’, já defrontámos o Sporting duas vezes esta época, primeiro, na Liga, perdemos por 3-2 e fizemos um bom jogo e depois, na Taça da Liga, fizemos talvez o nosso melhor jogo da época", destacou.

Garantindo que o Marítimo "está preparado" para "um grande embate", Pedro Martins não esquece que a equipa "deu sempre respostas positivas quando enfrentou os ‘grandes’: "As coisas aconteceram com naturalidade, só espero que a equipa corresponda, tal como aconteceu com o Benfica e FC Porto", augurou.

Apesar dos sete pontos de diferença que separam o Sporting do líder Benfica, Pedro Martins não acredita que a equipa tenha desistido da ideia de continuar a lutar para ser campeão.

"Se bem conheço aquela casa, ninguém ‘atira a toalha ao chão’, relativamente à luta pelo título. Sempre foi assim e será sempre", observou treinador, antigo médio do Sporting.

Instado a comparar o Sporting com Montero e o Sporting com Slimani, Pedro Martins reconhece haver diferenças quando a equipa apresenta um ou outro ponta de lança.

"São duas formas de jogar diferentes, mas são dois grandes jogadores. Montero começou bem e fez muitos golos, depois surgiu a oportunidade a Slimani e ele está a corresponder também. Para nós, tanto nos faz, porque estamos bem identificados com aquilo que é o Sporting", analisou.

O Marítimo, oitavo classificado com 30 pontos, e o Sporting, segundo, com 51, defrontam-se a partir das 19h00 de sábado em jogo da 24.ª jornada da I Liga, que será arbitrado pelo portuense Jorge Sousa.

Conteúdo publicado por Sportinforma com Lusa