Benfica

12-08-2014 14:12

Bruno Carvalho ataca gestão de Vieira

Antigo candidato à presidência do Benfica critica venda dos principais jogadores e questiona a direção de Luís Filipe Vieira em relação ao passivo do clube.
Segurança

Para o ex-candidato do Benfica, há muitas questões por responder em torno da recente gestão do atual presidente do Benfica.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

A gestão de Luís Filipe Vieira no Benfica foi esta terça-feira alvo de duras críticas por parte de Bruno Carvalho, antigo candidato à presidência do clube da Luz.

A poucos dias da entrevista de Luís Filipe Vieira à Benfica TV, Bruno Carvalho atacou a gestão do atual presidente do clube encarnado. Em declarações à Antena 1, Bruno Carvalho questionou a venda de metade da equipa campeã do ano passado e deixou outras dúvidas no ar.

"Ao contrário do que prometeu o presidente no ano passado, que não íamos vender ninguém, vendemos a equipa toda. Se as pessoas acham que o Oblak, Siqueira, Garay, Markovic, e se calhar o Enzo também, não fazem falta, estão enganadas», começou por dizer Bruno Carvalho.

"Acho que o treinador tem arranjado soluções, tem sido engenhoso e tem conseguido resolver os problemas", afirmou Bruno Carvalho sobre Jorge Jesus.

"Vendendo muito depressa e por valores desinteressantes prova que algo de muito errado se passa no Benfica. Preocupo-me com a gestão do Benfica e estou muito preocupado com o que ainda vai acontecer. Revolta-me e entristece-me profundamente estarem a delapidar o Benfica e a levá-lo a um endividamento absolutamente inacreditável", frisou.

"Com estas vendas todas o Benfica vai continuar com um passivo muito grande, não vai ficar sem passivo. Eu pergunto o que vão vender a seguir, se vão vender o Seixal, o estádio da Luz? O que é que vai acontecer a seguir? Acho que o Benfica, depois destas vendas todas, não vai ficar numa boa situação financeira, ao contrário do que as pessoas possam imaginar", sentenciou o antigo candidato à presidência do Benfica.

Conteúdo publicado por Sportinforma