União da Madeira

21-04-2016 14:13

Norton de Matos quer pontuar frente ao Sporting na primeira de quatro finais

Técnico fez a antevisão da visita a Alvalade no próximo sábado.
Moreirense vs União da Madeira
Foto: Lusa

O técnico admitiu algumas mudanças no ‘onze’, devido ao risco de exclusão de jogadores como Paulinho, Paulo Monteiro, Gian, Cádiz e Soares.

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O treinador do União da Madeira assumiu hoje a ambição de pontuar na visita ao Sporting, no sábado, em jogo da 31.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, que considera a primeira de quatro finais.

Luís Norton de Matos afirmou que está a preparar o embate com os ‘leões’ com o espírito de quem tem quatro finais para disputar" e a vontade de "pontuar nesta primeira final".

“O Sporting está muito bem, tem favoritismo à partida”, admitiu Norton de Matos, prometendo "jogar para pontuar, tentando contrariar esse favoritismo".

O técnico admitiu algumas mudanças no ‘onze’, devido ao risco de exclusão de jogadores como Paulinho, Paulo Monteiro, Gian, Cádiz e Soares.

"Há uma sintonia, entre a equipa técnica e a direção, daqueles que são os interesses imediatos do clube e os jogos que se aproximam. As decisões que forem tomadas vão no sentido de proteger a equipa", frisou Norton de Matos, sublinhando "que os jogadores que se apresentarem vão seguramente honrar a camisola do União".

Norton de Matos assumiu-se concentrado no objetivo de assegurar a manutenção, alheando-se, por isso, de “recados ou comentários que fazem parte deste circo que é o futebol".

O técnico recordou o “misto de sentimentos” conferido pela derrota na receção ao Paços de Ferreira (4-3), num encontro da 30.ª jornada em que a sua equipa "jogou excecionalmente bem na primeira parte" e depois "teve um período de desconcentração que não é explicável por nenhum treinador do mundo".

"Não existiu qualquer excesso de confiança ou abaixamento de mentalidade competitiva", salientou Norton de Matos, justificando o desaire com "uma série de fatores que penalizaram a equipa", nomeadamente a expulsão “forçada” de Shehu.

No entanto, Norton de Matos garantiu que a formação madeirense "está confiante por depender apenas dela própria nesta reta final, respirando saúde física e mental".

O União da Madeira já fez uma exposição à Liga de clubes sobre os erros de arbitragem, que, segundo Norton de Matos, se têm acumulado nos últimos jogos.

União da Madeira, 16.º classificado com 26 pontos, visita o Sporting, segundo com 74, menos dois do que o líder Benfica, no sábado, a partir das 18:30, num encontro que vai ser arbitrado por Rui Costa, da associação do Porto.

Conteúdo publicado por Sportinforma