Incêndios

10-08-2016 19:10

Futebol une esforços para ajudar a Madeira

Esta quarta-feira ficou marcada por campanhas lançados por clubes da Primeira e Segunda Liga para ajudar as vítimas dos incêndios.
Incendios Madeira
Foto: Lusa

Bombeiro combate as chamas junto das casas na Boa Nova, cidade do Funchal

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O incêndio que está a desolar a Madeira não passou despercebido por ninguém. Mesmo no futebol, os clubes estão solidários com as vitimas dos fogos que estão a deflagrar na região insular portuguesa. Como tal, de forma a tentar ajudar e contribuir, esta quarta-feira ficou marcada por diversas campanhas e intenções de vários clubes de ambos os escalões do futebol para tentar amenizar o sofrimento das pessoas envolvidas.

Na ilha principal, o União da Madeira vai pedir à Liga que o próximo jogo da equipa seja à porta aberta para trazer mais pessoas ao estádio. O clube madeirense vai pedir aos adeptos doações para ajudar as vitimas do incêndio.

Fora do arquipélago as campanhas humanitárias para ajudar a Madeira continuam. O Sporting anunciou que vai pedir aos adeptos leoninos que vão assistir ao jogo com o Marítimo que tragam bens essenciais e mantimentos para ajudar o povo madeirense.

O Arouca também se juntou ao ‘comboio’ da solidariedade. A equipa de Lito Vidigal vai doar um euro por cada bilhete vendido para o jogo com o Olympiakos no play-off de acesso à Liga Europa aos bombeiros.
Os bombeiros têm sido um dos grupos mais falados por todos os clubes e um dos principais ‘alvos’ da solidariedade por parte dos clubes. O Paços de Ferreira está inclusive a preparar uma marcha com os adeptos para recolher donativos para entregar na corporação de Bombeiros Voluntários da cidade.

A Madeira está em estado de emergência depois de os incêndios que tem assolado a região terem chegado à zona história da cidade. Os bombeiros madeirense receberam grande apoio por parte de todo o povo português e estão a ser retratados como ‘heróis’ nacionais.

Conteúdo publicado por Sportinforma