Sporting-Marítimo

12-08-2016 18:55

Jorge Jesus: "Ninguém está ´au point` no primeiro jogo"

Jorge Jesus garante um Sporting competitivo a lutar pelos três pontos frente ao Marítimo.
Jorge Jesus
Foto: Lusa

Jorge Jesus

Por Evandro Delgado sapodesporto@sapo.pt

Jorge Jesus garante um Sporting competitivo a lutar pelos três pontos frente ao Marítimo. O treinador do Sporting sublinha, no entanto, que a equipa ainda não estará a cem por cento na primeira ronda da I Liga.

"No primeiro jogo, ninguém está ´au point` mas queremos estar no máximo do nosso valor. Com uma boa equipa pela frente, com vários jogadores do ano passado. Vamos ter um jogo difícil com uma equipa bem organizada defensivamente, que vai tentar surpreender-nos. Estamos preparados para isso", comentou o técnico.

Na temporada passada o Sporting fez 86 pontos mas acabou no segundo posto. Em todas as edições da I Liga, nunca uma equipa tinha feito tantos pontos e não ser campeão. Jesus acredita que este ano, com 86 pontos será campeão.

"O campeonato português está cada vez mais forte. As equipas têm mais dinheiro para reforçar o seu futebol. Ainda não se tem 105 milhões para se ir buscar um jogador mas 5 milhões ainda há. Acredito que o campeonato será muito equilibrado e acho que será muito difícil uma equipa ficar em segundo lugar fazendo os 86 pontos feitos pelo Sporting, na época passada", disse o técnico, não prometendo se o Sporting será campeão.

"Quem consegue prometer títulos? Prometidos é a responsabilidade. Num ano, o Sporting encurtou pontos de distância. O ano passado fizemos um excelente campeonato e o objetivo de lutar pelo título conseguimos concretizá-lo. Queremos fazer melhor? Não tem outra resposta, queremos ser primeiros e vamos lutar para isso. Prometer o título? Há de me dizer qual o treinador que diz isso", apontou.

Muito se fala nos jogadores que podem deixar o Sporting, como João Mário, William Carvalho, Slimani e Adrien. O técnico sublinha que o mercado mexe com os jogadores mas que isso não é algo necessariamente mau.

"O mercado? Claro que tem alguma influência, mas é uma influência positivas. Isto faz parte do sucesso, para mim é normal. Temos de saber lidar com a situação. Os jogadores do Sporting têm sido grandes profissionais e têm posto à frente os interesses do clube", frisou.

O técnico também aproveitou para deixar uma palavra de solidariedade para todos os que têm sido afetados pelos incêndios que têm devastado Portugal nos últimos dias.

"Quero, antes de mais, dar uma palavra de apreço aos bombeiros que têm tido uma tarefa muito difícil. Deixo uma palavra de solidariedade e apoio aos que foram afetados pelos incêndios, na esperança que tudo volte a normalidade", disse o técnico, na sala de imprensa do estádio de Alvalade, na antevisão do jogo com o Marítimo.

Conteúdo publicado por Sportinforma