FC Porto

15-08-2016 12:08

Palavras de Gonçalo Paciência provocam mal-estar no Dragão

Ponta de lança português não faz parte dos planos de Nuno Espírito Santo para o plantel do FC Porto da próxima época.
Gonçalo Paciência
Foto: VANDERLEI ALMEIDA / AFP

Gonçalo Paciência celebra um dos golos que marcou nos Jogos Olímpicos

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Dispensado do FC Porto por Nuno Espírito Santo, Gonçalo Paciência encontrou na seleção olímpica uma janela panorâmica para demonstrar todo o seu real valor, e o avançado português não desiludiu com golos importantes para Portugal.

Em declarações à imprensa após a derrota com a Alemanha, o avançado português não escondeu a mágoa por ter sido dispensado pelo novo treinador do FC Porto mas deixou a garantia de que vai continuar a acreditar no seu valor.

"Claro que quando alguém é dispensado fica sempre um pouco surpreendido, mas não preciso de ser do FC Porto para ser jogador. Há várias possibilidades em cima da mesa e tenho a certeza de que o futuro vai trazer coisas boas", afirmou Gonçalo Paciência.

Ora, e segundo escreve o jornal A Bola esta segunda-feira, as palavras do ponta de lança em tom de crítica provocaram mal-estar na estrutura do FC Porto, nomeadamente no seio da SAD portista, com os administradores a ficarem incomodados pelo facto de o jogador se ter manifestado publicamente em vez de o fazer entre portas.

Conteúdo publicado por Sportinforma