Sporting

17-08-2016 10:05

'Pokédex' de Jesus pode estar quase completo

Sporting continua a trabalhar para contratar um avançado que o treinador admitiu que falta no plantel
Sporting CP vs Wolfsburg
Foto: © 2016 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.

Jorge Jesus em ação no jogo contra o Wolfsburgo no torneio Cinco Violinos

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Jorge Jesus afirmou que ainda lhe falta um ‘Pokémon’ para a frente do ataque da equipa e Bruno de Carvalho está a trabalhar para que o treinador português consiga completar o seu ‘pokédex’ para esta temporada.

O treinador português admitiu na conferência de imprensa de antevisão da jornada passada que precisava de mais um homem ofensivo para a sua equipa e o Sporting está cada vez mais perto de satisfazer o pedido de Jesus com dois alvos bem definidos.

Em cima da mesa estão duas opções: Bas Dost do Wolfsburgo e Luc Castaignos do Eintracht Frankfurt. Ambos os jogadores são holandeses e jogam na liga alemã. No entanto, os valores pedidos pelos dois são bem diferentes. Bas Dost surge como uma opção mais difícil para a equipa de Alvalade. Apesar de o Sporting ser apontado pela imprensa alemã como o mais forte candidato para levar o avançado, vão ser negociações difíceis devido ao preço pedido pelo Wolfsburgo e o vencimentos do jogador. Para além das negociações por Bas Dost, os ‘leões’ precisam ainda de esperar pelo clube alemão. De acordo com o jornal ‘A Bola’, a equipa germânica só aceita vender o ponta de lança depois de garantir a contratação do internacional italiano Simone Zaza da Juventus.

Luc Castaignos é uma transferência com mais facilidades para o Sporting. O avançado holandês do Eintracht de Frankfurt tem uma vencimento mais baixo e, facilmente, suportado pelo clube leonino e também pressupõe um investimento mais baixo. As negociações pelo passe do jogador está a decorrer com o clube alemã a aceitar deixar sair Castaignos por 2.5 milhões de euros.

O avançado ex-Inter de Milão é uma opção mais em conta, mas não apresenta tantas garantias como Bas Dost. O jogador do Wolfsburgo tem mais experiencias e créditos firmados frente à baliza. Na última temporada, Bas Dost marcou 10 golos em 31 jogos enquanto que Castaignos ficou pelos cinco em 21 jogos.

Para já o Sporting continua a trabalhar apenas com um ponta de lança de raiz. Slimani é a única opção para a frente de ataque depois de Barcos e Teo terem saído e Alan Ruiz não ser avançado de raiz. Spalvis continua lesionado e não é opção para Jorge Jesus.

Conteúdo publicado por Sportinforma