Nacional 1-3 Benfica

27-08-2016 22:26

Carrillo e Jiménez dão a vitória ao Benfica na Madeira

Encarnados venceram na Madeira por 1-3. Carrillo e Jiménez marcaram os derradeiros golos.
 Salvio, Raul and Andre Carrillo celebram o golo
Foto: EPA/HOMEM DE GOUVEIA

Benfica celebra vitória na Choupana

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O Benfica regressou, este sábado, às vitórias ao bater o Nacional na Madeira por 1-3, em jogo da terceira jornada do campeonato português, que se disputou na Choupana.

Depois de ter ficado ausente do jogos do Benfica devido a lesão, Jonas entrou na equipa titular para o lugar de Cervi, com Salvio e Pizzi nos corredores. Mitroglou ficou no banco de suplentes.

O único golo da primeira parte foi num lance infortuno para a equipa madeirense, que marcou na própria baliza. Aos 17 minutos, Salvio na marcação de um livre, cruzou para o centro da área, a bola pareceu tocar na cabeça de Ali Ghazal e foi para o fundo da baliza.

A vitória por 1-0 manteve-se até ao final do primeiro tempo.

Aos 64’, na marcação do canto, Tobias Figueiredo respondeu ao centro de Salvador Agra e cabeceou para o fundo da baliza, estabelecendo o empate.

Aos 67 minutos, Carrillo entrou para o lugar de Pizzi e o ex-jogador do Sporting precisou apenas de três minutos para brilhar na partida. Após boa jogada dos encarnados, com Jiménez a lançar Salvio na área e o argentino, por sua vez, serviu o peruano que rematou com "raiva" para o fundo das redes.

Já depois dos 90 minutos, Jiménez roubou a bola ao defesa do Nacional e, isolado, não deu hipóteses a Rui Silva, marcando o terceiro golo.

O golo de Carrillo mostrou-se determinante na equipa de Rui Vitória, marcando um golo que vale três pontos e a liderança provisória na tabela classificativa com o Braga.

Conteúdo publicado por Sportinforma