Sporting

30-08-2016 07:50

Leões desmentem pedido de demissão de Jesus e vão processar Pedro Guerra

As informações sobre uma possível saída do técnico foram avançadas na noite desta segunda-feira por Pedro Guerra e André Ventura.
Jorge Jesus

Jorge Jesus

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Sporting negou que Jorge Jesus tenha admitido demitir-se e que ao mesmo tenham sido escondidas as negociações para a transferência de Slimani para o Leicester.

Fonte oficial do clube de Alvalade classificou também de "completamente falsa" a informação de que o técnico teria ameaçado sair de Alvalade caso Adrien Silva for vendido ao Leicester.

As informações sobre uma possível saída do técnico foram avançadas na noite desta segunda-feira por Pedro Guerra e André Ventura, comentadores na TVI e CMTV, respetivamente.

Além disso, o Sporting vai avançar com um processo contra Pedro Guerra, comentador no programa ´Prolongamento` da TVI. Fonte oficial dos ´leões` diz que o comentador televisivo afeto ao Benfica "vai ter de provar todas as mentiras e insinuações feitas nas últimas duas semanas" relacionadas com exames médicos "chumbados" por potenciais reforços, como Boateng, Lucas Silva ou Sandro. "O Sporting considera que Pedro Guerra ultrapassou todos os limites do aceitável", acrescentou a fonte, citado pelo Record.

Os ´leões` vão avançar com o processo contra Pedro Guerra por este "reiterada e repetidamente colocar em causa a dignidade profissional, ética e deontológica do Dr. Frederico Varandas, responsável pela Direção Clínica do Sporting". O próprio médico entrará na justiça com uma ação individual "em defesa" do seu "bom-nome".

Conteúdo publicado por Sportinforma