Sporting

31-08-2016 16:27

Elias disse, uma vez, que Bruno de Carvalho era "meio maluco"

Dois anos e meio depois de ter vendido o passe de Elias para o Corinthians, Bruno de Carvalho foi 'resgatar' o jogador brasileiro.
Os 12
Foto: Jose Sena Goulao / LUSA

Bruno de Carvalho, presidente do Sporting

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Em 2011, com Godinho Lopes como dirigente principal, o Sporting anunciava a contratação de Elias por cerca de 8,9 milhões de euros, proveniente do Atlético de Madrid. Foi uma época e meia sem brilho com a camisola verde e branca e o próprio jogador pediu para ser emprestado ao Flamengo para voltar ao seu país natal, mantendo na altura a ambição de ser chamado para a seleção brasileira.

Em 2014, e já com Bruno de Carvalho na presidência, o médio brasileiro foi vendido a título definitivo ao Corinthians, por quatro milhões de euros. Contudo, a venda do jogador para o emblema brasileiro não foi fácil.

"Na altura, Bruno de Carvalho procurava os interesses do Sporting e eu os meus. Agora, ele voltou a procurá-los e eu também e por isso voltei”, disse, esta quarta-feira, o jogador à chegada a Lisboa, neste que é o seu regresso a Alvalade.

Contudo, no ano passado, quando representava o Corinthians, as palavras que Elias dirigidas a Bruno de Carvalho foram menos simpáticas.

"O presidente do Sporting não queria que eu jogasse no Flamengo. Parece que teve uma birra com o Flamengo. Simples. Queria muito ter voltado para o Flamengo. Acho que foi birra porque o presidente do Sporting é meio maluco. Ele próprio diz isso sobre si... O Flamengo não tinha o dinheiro que o Sporting queria, mas estava disponível para negociar. De ceder jogadores, de ceder passes de outros atletas, enfim", atirou Elias na altura.

Agora, em 2016, a verdade é que o Sporting ‘resgatou’ Elias ao Corinthians num negócio avaliado em cerca de três milhões de euros.

Conteúdo publicado por Sportinforma