Primeira Liga

03-09-2016 21:32

Vitória de Guimarães conquista quadrangular em Lamego

O Vitória de Guimarães conquistou hoje a primeira edição do Torneio de futebol de Lamego, ao bater na final o Tondela, por 1-0, num quadrangular em que participaram ainda o Paços de Ferreira, terceiro, e o clube local.
Moussa Marega (Vitória de Guimarães)
Foto: © 2016 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.

Moussa Marega (Vitória de Guimarães)

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O golo que valeu o troféu aos vimaranenses foi apontado por Bruno Mendes, aos cinco minutos, pouco tempo antes de sair por lesão, com um pontapé acrobático a corresponder a um cruzamento de Francis da direita.

Com uma equipa formada maioritariamente por ‘segundas linhas', o Vitória acabou por ser eficaz, marcando no primeiro lance de que dispôs, e, depois, com alguma sorte à mistura, conseguiu conter a reação do Tondela, com Erick Moreno no papel de ‘perdulário', ao não conseguir marcar em nenhuma das várias oportunidades de que dispôs.

O Guimarães chegou à final depois de golear o Lamego, equipa dos distritais de Viseu, por 5-0, com um ‘bis' de Raphinha. Soares e o reforço Hernâni, de regresso a Guimarães por empréstimo do FC Porto, marcaram os restantes, num registo que contabilizou ainda um autogolo da formação local.

Num encontro desigual, o Vitória só conseguiu marcar realmente a diferença a partir dos 30 minutos de jogo, beneficiando dos efeitos do calor e, por consequência, da superior condição física face a uma equipa dos distritais.

Antes da final, o Paços de Ferreira superiorizou-se naturalmente ao Lamego e garantiu o terceiro lugar, graças a dois golos sem resposta, ambos anotados pelo defesa direito Francisco Afonso, ex-júnior.

A formação pacense falhou a final deste quadrangular graças a um golo de Jaílson, ex-jogador do clube e atualmente no Tondela, aos 27 minutos desse primeiro jogo, através de um centro-remate que Pedro Monteiro não conseguiu desfazer, o que acabou por iludir o guarda-redes Mário Felgueiras.

Num jogo de qualidade e equilibrado, a formação pacense acabou por ter ligeiro ascendente em termos de oportunidades, com destaque para Ricardo Valente, em estreia, com duas assistências para golo.

O extremo cedido pelo Vitória de Guimarães foi mesmo o melhor em campo, mas seria a formação viseense, pela primeira vez com Murilo na equipa (reforço brasileiro que mostrou bons pormenores), a garantir a presença na final.

Este primeiro torneio de Lamego teve como palco o Estádio Municipal dos Remédios, naquela cidade, e foi disputado no formato de quadrangular, com os jogos a terem uma duração de 45 minutos.

Conteúdo publicado por Sportinforma