Futebol

06-09-2016 19:31

Dezasseis equipas na final do 13.º Torneio Nacional de Futebol de Rua

Os mais de 60 jogos da final do torneio nacional vão ser disputados por 16 equipas.
Futebol
Foto: SAPO Desporto

Futebol

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Dezasseis equipas vão participar na final do 13.º Torneio Nacional de Futebol de Rua, este mês, em Beja, através do qual serão apurados os jogadores da seleção portuguesa que participará no 1.º campeonato europeu da modalidade.

A final do torneio, uma "competição inclusiva" promovida pela Associação CAIS, foi hoje apresentada numa conferência de imprensa, em Beja, e vai decorrer entre os dias 15 e 17 deste mês, na área exterior da Casa da Cultura da cidade.

Os mais de 60 jogos da final do torneio nacional vão ser disputados por 16 equipas, uma equipa da Associação Cais e 15 em representação de outros tantos distritos, disse o coordenador do projeto Futebol de Rua, Gonçalo Santos.

Segundo o responsável, através da final, vão ser selecionados os jogadores para integrar a seleção portuguesa que participará no 1.º Campeonato Europeu de Futebol de Rua, entre os dias 13 e 17 de novembro, em Manchester, em Inglaterra, no qual irão participar 12 equipas.

No âmbito da final do torneio nacional, a CAIS vai realizar, pelo segundo ano consecutivo, dois minitorneios internacionais de futebol de rua, um masculino e outro feminino, que contarão com a participação de cinco equipas, uma da Cais, duas de Inglaterra, uma da Holanda e outra da Bélgica.

Além da final do torneio nacional e dos minitorneios internacionais, que vão contar com a participação de 250 participantes de 21 equipas, a CAIS também vai promover várias atividades culturais, recreativas e educativas e um curso de arbitragem de futebol de rua.

O Torneio Nacional de Futebol de Rua deste ano, que já incluiu os torneios distritais, contou com a participação de "perto de 900 participantes de cerca de 100 equipas de mais de 90 instituições particulares de solidariedade social de 16 distritos" de Portugal continental e das regiões autónomas da Madeira e dos Açores, disse Gonçalo Santos.

Segundo a Associação Cais, que "tem como objetivo principal contribuir para a melhoria das condições de vida dos cidadãos em risco de exclusão social, pela dignificação humana, capacitação e empregabilidade", o Projeto Futebol de Rua pretende, através da prática de desporto, estimular a capacitação de pessoas em situação de fragilidade e exclusão social no desenvolvimento de competências pessoais e sociais.

A CAIS é desde 2004 a embaixadora em Portugal do Futebol de Rua, que, segundo a associação, é "uma prática de sucesso comprovado em todo o mundo" e na qual participam "homens e mulheres com mais de 15 anos e que vivem em situações de vulnerabilidade social".

Conteúdo publicado por Sportinforma