FC Porto

09-09-2016 10:21

Nuno Espírito Santo pode perder Boly em janeiro

Reforço de verão do FC Porto insiste em jogar pela Costa do Marfim. Ida à CAN está em cima da mesa.
Boly num treino do FC Porto
Foto: @FC Porto

Nuno Espírito Santo pode perder Boly em janeiro

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Wily Boly chegou este verão ao FC Porto, mas pode estar de saída temporária do clube já em janeiro. O defesa tem dupla nacionalidade e, de acordo com o jornal ‘O Jogo’ já revelou tanto ao FC Porto como à Federação de Futebol da Costa do Marfim a sua intenção de jogar pela equipa africana.

A confirmar-se a presença de Boly nas contas da Costa do Marfim, o central pode ser uma das hipóteses para representar a equipa dos ‘elefantes’ e ficar arredado das contas de Nuno Espírito Santo durante o mês de janeiro.

Contudo, a ida de Boly para a CAN está dependente dos processos da seleção na FIFA. O antigo jogador do SC Braga representou a França nos escalões mais novos e como tal, a federação africana necessita de pedir ao órgão que gere o futebol uma autorização especial para poder utilizar o jogador do FC Porto. Este é um processo demorado que pode até ainda nem ter sido iniciado.

Boly tem mais oportunidades de representar a Costa do Marfim do que a equipa de França. O central dos dragões pode vir a ter a concorrência de Lamine Touré (Sunderland) Wilfred Kanou ( Ado Den Haag) e Koffi Djidji (Nantes). Fora deste cenário está Eric Baily. O central do Manchester United tem lugar praticamente garantido no eixo defensivo dos ‘elefantes’.

O FC Porto já sabe que não vai poder contar com Brahimi durante o mês de Janeiro. O argelino é um dos habituais escolhidos da seleção da Argélia que já garantiu o apuramento para a próxima edição do torneio das equipas africanas. Caso o processo de Boly avance a tempo, Nuno Espírito Santo pode ficar com menos dois jogadores durante a duração da prova.




Conteúdo publicado por Sportinforma