Benfica

15-09-2016 11:17

Rui Gomes da Silva recusa silenciar-se

Dirigente do Benfica garantiu que está ciente dos ataque à sua pessoa, mas não pretende calar-se.
Rui Gomes da Silva 'votaria' na continuidade de Bruno de Carvalho
Foto: © 2011 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.

Rui Gomes da Silva, vice-presidente do Benfica

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Rui Gomes da Silva afirmou que não vai parar de manter a sua posição. O dirigente do clube encarnado revelou no seu artigo de opinião no jornal ‘A Bola’ que, apesar de todos os ataques, não vai silenciar-se.

De acordo com as palavras do dirigente, há uma movimentação contra ele com um objetivo de o impedirem de falar. Sem falar em nomes concretos, Rui Gomes da Silva assume que os ‘atacantes’ são de conhecimento geral, mas que estão a falhar. Com efeito, o dirigente encarnados garante que não vai ceder e não se importa que tentem fazer dele um alvo.

“Sabemos- todos- quem são e porque andam aqui. (..)Reconheço aos que fazem de mim um alvo e por isso me querem calar. Eles sabem porquê! E eu também. Mas, sabendo bem porque me querem calar, não tenho medo. Nem deles, nem do que dizem. Só têm esse objetivo, recorrendo mesmo, ao ataque pessoal”.

As questões levantadas ao dirigente encarnado estão relacionados com o programa de televisão ‘O Dia Seguinte’ da SIC Notícias. No programa de debate desportivo, Rui Gomes da Silva é o comentador ligado ao Benfica. As críticas que surgem referem-se ao facto de um diretor do clube estar a comentar as prestações do mesmo num painel.

Conteúdo publicado por Sportinforma