Tondela 0-0 FC Porto

18-09-2016 23:41

Hélder Tavares queria um penálti, Cláudio Ramos nega antijogo

O FC Porto empatou a zero bolas com o Tondela, em jogo da 5.ª jornada da I Liga.
Cláudio Ramos e Depoitre durante o Tondela - FC Porto

Cláudio Ramos e Depoitre durante o Tondela - FC Porto

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Hélder Tavares mostrou-se satisfeito com o empate do Tondela frente ao FC Porto mas queria mais. O médio queixa-se de uma grande penalidade a favor da sua equipa, por suposta falta de Felipe.

"[O resultado] foi mais mérito do Tondela. Defendemos bem, tivemos oportunidades e ainda houve um penálti sobre mim [de Felipe]", comentou o jogador, na zona mista do estádio João Cardoso.

O médio cabo-verdiano explicou que a chave do empate esteve na união entre os jogadores.

"A chave esteve na nossa atitude e sacrifício. Queríamos ganhar, mas o empate satisfaz. Vai dar-nos confiança para a próxima jornada. Temos de ir buscar os três pontos contra o Marítimo", comentou Hélder, ele que já vê a equipa mais perto do que pode realmente produzir.

"Estivemos mais perto do que podemos ser. Este ano tivemos dois ou três jogos menos bons. Estamos só na quinta jornada e não vamos ficar onde estamos agora [último lugar] ".

Quem também falou após o jogo foi o guarda-redes Cláudio Ramos. O jogador refutou a ideia de que o Tondela fez antijogo.

"Não me apercebi de nenhum antijogo, são coisas normais do futebol. Não houve antijogo", disse à Sport TV na zona de entrevistas rápidas. Tal como Hélder Tavares, o guarda-redes elogiou a união da equipa para conseguir o ponto frente ao FC Porto.

"A chave do sucesso foi a união, que faltou nos outros jogos. Era a vitória que queríamos, mas o empate é melhor do que a derrota. A equipa esteve sempre motivada, mas um empate caseiro com um grande é bom, e espero que dê confiança".

O FC Porto empatou a zero bolas com o Tondela, em jogo da 5.ª jornada da I Liga. Os "dragões" já perderam cinco pontos nas primeiras cinco jornadas da Liga.

Conteúdo publicado por Sportinforma