Benfica 3-1 SC Braga

19-09-2016 21:58

Mitroglou e Pizzi carimbam passaporte para a liderança

Equipa de Rui Vitória assumiu o primeiro lugar do campeonato nacional com um triunfo sobre o SC Braga por 3-1.
Pizzi celebra um golo frente ao SC Braga
Foto: Patrícia de Melo Moreira

Pizzi celebra um golo frente ao SC Braga.

Por Eduardo Santiago sapodesporto@sapo.pt

O Benfica assumiu esta segunda-feira a liderança isolada do campeonato nacional ao vencer no Estádio da Luz o SC Braga por 3-1 em jogo a contar para a quinta jornada. Mitroglou bisou no regresso à titularidade enquanto que Pizzi vez o 3-0 para os 'encarnados'. Já do lado do SC Braga, Rosic reduziu já em cima do apito final após a marcação de um canto.

No regresso ao Estádio da Luz após o empate para a Liga dos Campeões com o Besiktas, o Benfica começou desde logo a criar uma situação de perigo por intermédio de Mitroglou no primeiro minuto de jogo, quando Salvio recebe uma bola no lado direito e serviu o avançado grego, que rematou à baliza com o esférico a rasar o poste. O SC Braga não demorou muito a responder aos anfitriões, e aos 3 minutos um mau passe de Fejsa na área do Benfica acabou por permitir uma situação de muito perigo a Hassan, mas o remate cruzado do marroquino saiu para fora.

Aos 5 minutos de jogo, Júlio César foi chamado a intervir no jogo, e com uma grande defesa o guarda-redes brasileiro acabou por negar o golo a Pedro Santos. Os lances de perigo iam-se alternando de área para área, e aos 11 minutos foi a vez de Marafona negar um golo a Salvio com uma grande intervenção. O remate do argentino levava selo de golo, mas o internacional português mostrou-se à altura do desafio.

Depois de um arranque frenético de jogo, a dinâmica decaiu aos 15 minutos devido à entrada em campo da equipa médica do Braga para assistir Marafona. O guarda-redes do SC Braga caiu mal e chegou a temer-se uma lesão no pé esquerdo do internacional português com José Peseiro a mandar o guarda-redes Matheus para o aquecimento.

Apesar do percalço, e de alguns minutos perdidos, o jogo acabou por ser retomado aos 24 minutos. O Benfica aproveitou para voltar a colocar o pé no acelerador e aos 27 minutos acaba por adiantar-se no marcador por intermédio de Kostas Mitroglou depois de uma excelente combinação entre Pizzi e Gonçalo Guedes.

Antes do intervalo, o SC Braga ainda voltaria a criar perigo junto à área de Júlio César depois de um canto na esquerda apontado por Wilson Eduardo para o primeiro poste. Rosic surge na área a desviar de cabeça mas Júlio César com uma intervenção de nível superior garantiu a vantagem par ao arranque da segunda parte.

Para a segunda parte, o SC Braga entrou à procura de anular a desvantagem, e logo aos 48 minutos, Marcelo Baiano surgiu na área do Benfica, lançado na esquerda por William Eduardo, mas o remate do brasileiro acabou por ser defendido por Júlio César.

Com o forte arranque da equipa do SC Braga, o Benfica sentiu algumas dificuldades para dominar o adversário. Aos 50 minutos, Gonçalo Guedes colocou à prova Marafona num livre direto, mas o guarda-redes bracarense negou o golo ao jovem jogador português.

Apesar do bom arranque do SC Braga, o Benfica acabou por dilatar a vantagem aos 74 minutos de jogo por intermédio de Pizzi. Depois de alguma coisa confusão na área, e após um ressalto de bola em Douglas Coutinho, a bola sobra para Pizzi que na área, isolado, perante Marafona, rematou para o 2-0.

Os jogadores do SC Braga protestaram a validação do golo e José Peseiro acabou mesmo por ser expulso do banco devido aos protestos por alegado fora de jogo de Pizzi.

A expulsão de José Peseiro do banco acabou por abalar a equipa do SC Braga que quatro minutos depois viu Mitroglou bisar após cruzamento de Pizzi no lado esquerdo.

A vencer por 3-0, o Benfica acabou por gerir a vantagem e Rui Vitória aproveitou para lançar José Gomes para o lugar de Mitroglou. O jovem avançado português esteve perto de marcar o seu golo na estreia, mas seria o SC Braga a fazer o último golo do jogo na marcação de um pontapé de canto por intermédio de Rosic.

Com este resultado, o Benfica ascendeu ao primeiro lugar do campeonato nacional com 13 pontos, mais um que o Sporting, segundo classificado.

Conteúdo publicado por Sportinforma